Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

terça-feira, 23 de maio de 2017

BMW muda de estratégia para liderar mercado de VES e autônomos

A BMW vai deixar de dar prioridade ao aumento do seu volume de vendas e focar-se em ser o líder mundial nas áreas da mobilidade elétrica e dos veículos autônomos, numa surpreendente inversão estratégica, anunciada pelo próprio CEO, Harald Krueger.

“O sucesso no futuro dependerá de sermos líderes tecnológicos nas novas áreas de crescimento, com a eletrificação e a conetividade, e não nos volumes de vendas”, disse Krueger, durante um encontro com jornalistas, na sede do grupo, em Munique.

Ao contrário do que tem sido habitual, a BMW não tem neste momento fixados quaisquer objetivos de vendas para 2020 e 2025, apesar de manter os seus esforços no aumento das suas vendas anuais.

O grupo alemão fechou o ano passado com um recorde de vendas de 2,37 milhões de unidades, das suas marcas BMW, Mini e Rolls Royce, fazendo prever que o patamar dos 3 milhões possa ser atingido já em 2020. Do total de 2016, 62 mil unidades foram de veículos com motorizações híbridas e elétricas, dos quais 25,5 mil do compacto 100$ elétrico BMW i3.

Para este ano, Krueger já anunciou que o objetivo é atingis os 100 mil veículos elétricos e híbridos. “Os veículos elétricos alimentados por baterias são a única solução para garantir veículos com zero emissões no futuro, apesar do Fuel Cell também ser crucial”, garantiu Krueger.

A BMW está a trabalhar com a Toyota no desenvolvimento de uma nova geração de veículos Fuel Cell. No ano passado, a marca iniciou testes com um Série 5 Gran Turismo e para 2021 tem planos de lançar uma mini série de veículos com a nova geração de propulsão Fuel Cell, recorda a Automotive News Europe.

No início do mês, a BMW anunciou que a produção do seu próximo modelo elétrico iNext, com capacidade de condução autônoma de nível 4, o segundo mais elevado, deverá arrancar em 2012, na fábrica de Dingolfing, na Alemanha.

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

PostagemBMW muda de estratégia para liderar mercado de VES e autônomos

Publicado no Verdesobrerodas



Por automonitor conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário