Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

domingo, 9 de abril de 2017

Grandes grupos investem em projetos de táxi aéreo elétrico

Os chamados coloquialmente “carros voadores” devem ser considerados como o cruzamento de drones com helicópteros A Uber está trabalhando em um projeto VTOL, assim como a Airbus, DARPA e Google.

A E-volo, startup alemã, tem desenvolvido uma tecnologia que resultou em um “multicopter” elétrico de 18 rotores, designado Volocopter VC200, que foi revelado ao público na versão comercial 2X na AERO, a maior exposição de aviação geral em Friedrichshafen, Alemanha.

Não se trata ainda de nenhum veículo aéreo de alto desempenho: seu alcance máximo é de 28 km quando voando a 80 km/h, tendo uma autonomia máxima de 27 minutos quando em cruzeiro de 50 km/h. A velocidade máxima chega a 100 km/h sacrificando em muito seu já reduzido alcance.

O “multicopter” depende de até nove conjuntos de baterias de lítio que exigem cerca de 120 minutos para uma carga completa.

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

PostagemGrandes grupos investem em projetos de táxi aéreo elétrico
Publicado no Verdesobrerodas


Por Aero Magaziner conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário