Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

sexta-feira, 14 de abril de 2017

Empresa portuguesa lança carregadores mais potentes para VEs

A nova gama de carregadores de alta tensão da Efacec, denominada HV (de High Voltage), começou já a ser instalada no terreno, compreendendo potências de 50, 160, 175 e 350 kW, de forma a cobrir as futuras necessidades do mercado.

A diferença face aos carregadores de carga rápida já conhecidos (como os recentemente fornecidos às áreas de serviço das auto-estradas nacionais), conhecidos como QC (de Quick Charging), capazes de fornecer uma tensão entre 400 e 500 volts, reside na maior tensão que os novos HV podem atingir (um máximo de 1.000 volts), o que lhes garante uma potência superior.

Entre os novos sistema de carga, destaque para o carregador HV175, capaz de fornecer uma tensão nominal acima de 920 volts, e uma corrente máxima de 350 amperes, quando combinando duas unidades, que acabam por formar o HV350. Este supercarregador está especialmente dedicado a veículos com baterias de grande capacidade, e é o primeiro do mundo no seu gênero a chegar ao mercado. Há muitos fornecedores deste tipo de equipamentos que estão a desenvolver soluções igualmente potentes, mas a empresa portuguesa foi a primeira a conseguir construí-los em série e a fornecê-los ao mercado.

O mais potente dos supercarregadores produzidos em Portugal, o HV350, está dimensionado para baterias com capacidade acima de 130 kWh, superior mesmo ao maior dos acumuladores ao serviço do Model S da Tesla, que é o mais generoso do mercado, mas com apenas 100 kWh. Contudo, a Efacec nunca poderá produzir os supercarregadores para o construtor americano, pois “a Testa utiliza um sistema diferente e não normalizado” (para se defender de qualquer tipo de concorrência, n.d.r.), o que “torna pouco rentável” para a empresa portuguesa produzir sistemas de carga com as suas especificações, conforme explicou ao Observador um dos responsáveis por esta área de negócios da Efacec, Pedro Silva.

O engenheiro acrescenta ainda que “os novos supercarregadores de alta voltagem destinam-se não aos veículos que já existem, mas aos que vêm aí, com maior capacidade de baterias e necessidade de tempos de carga mais curtos”. Ou seja, apontam a “automóveis que aceitem cargas a 800 volts (em vez dos atuais 400 v utilizados pelos sistemas de carga rápida), para além de ônibus, entre outros veículos”.

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

PostagemEmpresa portuguesa lança carregadores mais potentes para VEs

Publicado no Verdesobrerodas



Por observador conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário