Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

sábado, 8 de abril de 2017

Em breve ônibus elétricos da BYD ganharão as ruas no Brasil

Dentro de alguns meses, ônibus elétricos da BYD, cujos chassis começaram a ser fabricados em Campinas, interior de São Paulo, já devem estar em circulação por diferentes cidades brasileiras, com carrocerias Caio, Marcopolo e Volare (no caso do modelo de miniônibus Acess, de piso baixo).

Foi o que garantiu ao Diário do Transporte, o diretor de marketing, novos negócios e sustentabilidade da BYD, Adalberto Maluf, durante inauguração da fábrica de chassi da companhia, em Campinas, no interior de São Paulo, que ocorreu nesta quinta-feira, 06 de abril de 2017. O evento teve cobertura do Diário do Transporte em parceria com a ANTP – Associação Nacional de Transporte Público).

O executivo informou que entre as cidades que devem ter frotas de ônibus elétricos da BYD estão a capital paulista e Campinas. Campinas terá nova licitação dos transportes e a prefeitura colocou como meta a inclusão de 150 ônibus elétricos na região central nos próximos anos.

No caso da capital paulista, a fabricante negocia com os empresários de ônibus também a aquisição de sistemas de painéis solares que podem ser instalados em terminais, gerando energia para os locais e também para os pontos de recargas dos ônibus elétricos que devem ser instalados nestes terminais de São Paulo.

“Hoje a gente vem trabalhando com alguns operadores em São Paulo para a entrega dos ônibus junto com sistema do painel solar. Entre 5 e 7 anos todos investimentos se pagam, com economia de combustível, os custos de financiamentos menores , o leasing da bateria e as vantagens do painel solar, que pode gerar entre 50%, 70% e até 80% do consumo de energia desse ônibus … Apenas sobre o veículo, cuja a diferença de preço em relação aos modelos a diesel está cada vez menor, em um ano, contando com a taxa de juros mais vantajosas pelo Finame dada aos elétricos e com a economia de combustível, o ônibus está totalmente pago” – garantiu Adalberto Maluf.

Já estão em produção na planta de Campinas, chassis do micro-ônibus  K7 e dois modelos do ônibus de 12,5 m de comprimento que receberão carrocerias da Marcopolo e da Caio.
No próximo mês, devem ser feitos os ônibus de 15 metros (três eixos) e 18,6 metros (articulados).

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

PostagemEm breve ônibus elétricos da BYD ganharão as ruas no Brasil

Publicado no Verdesobrerodas



Por Adamo Bazani conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário