Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

terça-feira, 25 de abril de 2017

AMG com quatro motores elétricos custará € 2.275 milhões

A Mercedes-AMG cumpre este ano o seu 50º aniversário, e o Salão de Frankfurt vai ser o palco das celebrações. A marca alemã não esta por «meias medidas» e afirma que o seu próximo supercarro será “provavelmente, o carro de estrada mais fascinante de sempre”. Para já, é conhecido apenas por Project One.

É quase certo que o Project One será alimentado por um motor V6 de 1.6 litros de capacidade em posição central traseira, desenvolvido pela própria Mercedes-AMG High Performance Powertrains, em Northamptonshire (Reino Unido). De acordo com os últimos rumores, este motor deverá ser capaz de atingir as 11.000 rpm (!).

Embora a marca alemã não queira comprometer-se com números, no total são esperados mais de 1.000 cv de potência combinada, graças ao auxilio de quatro motores elétricos.

Todo este rendimento tem um problema… a cada 50.000 km o motor de combustão tem de ser reconstruído. O que na verdade não é um problema, tendo em consideração a baixa quilometragem que estes automóveis cumprem durante a sua vida.

Entretanto, fonte próxima da Mercedes-Benz confirmou a Georg Kacher, um dos mais proeminentes jornalistas internacionais, que o Mercedes-AMG Project One será apresentado pela primeira vez no Salão de Frankfurt, em setembro, já na sua versão de produção.

As primeiras entregas só estão previstas para 2019 e cada um dos 275 exemplares produzidos deverá custar a módica quantia de 2.275 milhões de euros.

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

PostagemAMG com quatro motores elétricos custará € 2.275 milhões

Publicado no Verdesobrerodas



Por Razão Automóvel conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário