Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

quinta-feira, 30 de março de 2017

Primeiro elétrico da SEAT chegará em dois anos

Rematando o excelente trabalho que tem sido feito para trazer de volta aos lucros a SEAT, Luca de Meo, CEO da SEAT, anunciou para 2019 o primeiro modelo elétrico da casa de Martorell. O modelo escolhido para a estreia no segmento dos elétricos será, sem grande surpresa, o Mii, embora Luca de Meo não o tenha confirmado, limitando-se a dizer que “faria sentido para a cidade”.

O e-Mii foi revelado o ano passado como protótipo e mostra como poderia ser o modelo de série aparentado com o e-Up, modelo em comercialização e que exibe um motor de 82 CV que oferece 210 Nm de binário e uma autonomia de 160 km.

Mas a ofensiva da SEAT no campo elétrico não se limita ao Mii, pois no imediato a casa espanhola deverá apresentar segundo modelo que, nas palavras de Luca de Meo, será “um modelo com as proporções do Leon”, ou seja, um rival direto do Nissan Leaf. Naturalmente que a base desse modelo será a plataforma MBE do grupo VW, num carro que poderá, muito bem, recuperar o protótipo IBE (na foto).

Este SEAT elétrico com tamanho de Leon utilizará, naturalmente, o que já foi desenvolvido para o e-Golf, modelo que utiliza um pacote de baterias com 35,8 kWh de capacidade e um motor de 135 CV e 326 Nm de binário. 

O terceiro modelo da gama EV da Seat aparecerá em 2020, deverá ser um SUV aparentado ao T-Roc da Volkswagen. Mas a marca espanhola deixa em aberto outras possibilidades como um desportivo ou até um descapotável. Porém, aquilo que Luca de Meo vai dizendo, deixa claro que o terceiro modelo EV será um SUV e com elevadas performances. “Não fiquem tristes que depois do lançamento do Arona em Frankfurt, daremos mais pormenores sobre o futuro da SEAT” atirou um sorridente Luca de Meo, no final da conferência de apresentação de resultados onde, recordamos, a SEAT anunciou lucros recorde e a produção de um SUV de sete lugares para completar a gama composta pelo SUV compacto Ateca e pelo B-SUV Arona, a lançar no Salão de Frankfurt.

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

PostagemPrimeiro elétrico da SEAT chegará em dois anos

Publicado no Verdesobrerodas



Por automonitor conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário