Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

sábado, 4 de março de 2017

Pequim quer 67.000 táxis elétricos

Foram anunciados planos para substituir os 67.000 táxis movidos a gasolina de Pequim por veículos elétricos (VEs), em uma tentativa de combater a poluição atmosférica da capital.

Sob a mudança, a frota de táxi a gasolina de quase 70.000 veículos movidos a combustíveis fósseis serão, gradualmente, substituída por VEs, e todos os carros novos para serviços de táxi serão elétricos. 
Calcula-se que a transição elétrica custará aos operadores de táxi cerca de 9 bilhões de yuans (US $ 1,3 bilhão). Um carro convencional custa, aproximadamente, US $ 10.000, enquanto um carro elétrico custa o dobro desse valor em US $ 20.000.
 
No entanto, isso é visto como um custo necessário para reduzir as emissões de CO2 em Pequim, já que os VEs têm uma pegada de carbono consideravelmente menor. 

A poluição atmosférica é responsável por cerca de 4.000 mortes prematuras por dia na China, de acordo com um estudo de 2015.

A cidade agora deve expandir sua infraestrutura de carregamento para VE, atualmente, considerada insuficiente para acomodar o aumento iminente de VEs na capital. 

O jornal Economic Daily da China informou que: "até 2020, a China terá construído um sistema de transporte moderno e abrangente, seguro, conveniente, eficiente e verde".

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

Postagem: Pequim quer 67.000 táxis elétricos
Publicado no Verdesobrerodas



Por Climateactionprogramme conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário