Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

quarta-feira, 1 de março de 2017

Modelo DS 7 Crossback terá versão híbrida

Não é um fenômeno isolado no Brasil – onde os altos custos tributários e o preço elevado atuam como inibidores para as vendas de carros importados – mas a DS, marca de luxo da Citroën criada para encarar as alemãs Mercedes-Benz, Audi e BMW oferecendo como destaques o design arrojado e a ousadia francesa no acabamento, está registrando uma participação aquém do esperado em vários mercados.

A saída pensada pelo pessoal da Citroën para resgatar a marca DS veio em boa hora e usa como base um dos segmentos que virou a nova vedete dos principais mercados ao redor do mundo. Nesta terça-feira (28) foram apresentadas as primeiras imagens e detalhes técnicos do DS 7 Crossback, o primeiro utilitário esportivo da grife francesa, o qual já foi antecipado pelo AUTOO no início deste mês.

Um dos destaques do DS 7 Crossoback ficará para o bom porta-malas, com capacidade para 628 litros. Outro ponto positivo do modelo que ele contará, a partir de 2019, com um conjunto propulsor híbrido que totalizará 300 cv de potência e permitirá uma configuração de tração nas 4 rodas graças ao uso de dois propulsores elétricos combinados com o motor a gasolina. Também será possível rodar cerca de 37 milhas, por volta de 60 quilômetros, em modo totalmente elétrico sem depender da ativação do motor a combustão. Por se tratar de um híbrido plug-in, para essa modalidade de condução ser ativada será necessário estar com o conjunto de bateriais carregado.

O conjunto híbrido do DS 7 Crossback também estreará um novo câmbio automático de 8 marchas dentro da gama Peugeot Citroën, que promete ampliar a eficiência dos modelos. Além da opção híbrida, o DS 7 Crossback contará com duas opções de motores a gasolina, no caso o 1.6 THP com calibrações de 225 e 180 cv, nos dois casos trabalhando em conjunto com a transmissão automática de 8 velocidades. Além disso, o DS 7 Crossback pode ser equipado na Europa com o eficiência 1.2 PureTech de 130 cv trabalhando com uma caixa manual de 6 marchas. Os propulsores contam com recursos como start-stop para reduzir o consumo em especial no trânsito urbano e o motor THP a gasolina ainda utiliza injeção direta com alta pressão, no caso trabalhando com 200 Bar.

Por se tratar de um modelo topo de linha, o DS 7 Crossback contará com vários recursos de assistência ao condutor, inclusive introduzindo na gama Peugeot Citroën recursos de condução autônoma. O responsável pela cereja do bolo em termos de tecnologia embarcada no DS 7 Crossback será o DS Connected Pilot, que pode assumir o controle do carro em algumas situações. Trabalhando em conjunto com o piloto automático adaptativo e o assistente de permanência em faixa, ele é capaz de manter o carro dentro da faixa de rodagem e mantendo uma distância segura do carro da frente.

Além do DS Connected Pilot, o DS 7 Crossback oferece recursos como o assistente de estacionamento para vagas paralelas e transversais, sistema de visão noturna, aviso de cansaço ao volante, dentre outros.
 
Procurada pelo AUTOO para saber se o DS 7 Crossback está previsto para o Brasil, a Citroën ainda não retornou nosso contato. Contudo, por se tratar da relevância do segmento no Brasil e a oferta de praticamente todos os rivais do modelo por aqui, é bem possível que o primeiro SUV da DS tenha tudo para colocar suas rodas no país.

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

PostagemModelo DS 7 Crossback terá versão híbrida

Publicado no Verdesobrerodas



Por AUTOO conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário