Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos se somadas as mídias sociais, * mais de MEIO MILHÃO de acessos somente no VSR, * lido por mais de DEZ países, * mais de SETE MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

terça-feira, 7 de março de 2017

Maior produtor de petróleo da Europa é líder mundial de carros elétricos

A Noruega, que já possui o maior número de carros elétricos per capita do mundo, com os carros elétricos e híbridos representando mais da metade dos novos registros no país. "Este é um marco na Noruega", disse o ministro do Clima e Meio Ambiente, Vidar Helgesen. "E serve para mostrar que as políticas de transporte verde funcionam", enfatizou Helgesen. 
As vendas de carros elétricos representaram 17,6% dos novos veículos matriculados em Janeiro/2017 e os carros híbridos 33,8%, para um total de 51,4%, de acordo com dados do Road Traffic Information Council (OVF). Em Fevereiro/2017, essas proporções caíram ligeiramente, mas permaneceram altas em 15,8% e 32%, respectivamente.

Paradoxalmente, a Noruega, o maior produtor de petróleo da Europa Ocidental, adotou uma política generosa para incentivar a compra de veículos mais limpos. Enquanto os carros com motores de combustão são fortemente tributados, veículos elétricos estão isentos de quase todos os impostos.

Seus proprietários, também, se beneficiam de inúmeras vantagens, como o acesso gratuito a estradas com pedágio, ferries e estacionamento em parques de estacionamento públicos, bem como a possibilidade de dirigir em pistas de ônibus. Em dezembro, a Noruega registrou frota de 100.000 carros elétricos.

Ainda prejudicado pela gama limitada e os preços elevados para modelos maiores, como os de Tesla, os carros elétricos, também, enfrentam a concorrência da crescente popularidade dos híbridos. As vendas desses carros, que combinam motores de combustão e motores elétricos, foram impulsionadas pela chegado avanço tecnológico e uma revisão do sistema tributário norueguês, com taxas que agora são baseadas no nível de emissões poluentes, em vez de potência do motor.

A Noruega quer limitar as emissões de dióxido de carbono dos veículos novos para 85 gramas por quilômetro até 2020, um objetivo que quase já alcançou: foi de 88 gramas em Fevereiro e 84 gramas em Janeiro - em comparação com 133 gramas quando a decisão foi tomada em 2012.

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

Postagem: Maior produtor de petróleo da Europa é líder mundial de carros elétricos
Publicado no Verdesobrerodas



Por Ctvnews conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário