Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

quinta-feira, 9 de março de 2017

Isetta elétrico tem autonomia de 120 km

A Micro Mobility Systems é uma empresa suíça que pesquisa soluções para o transporte, sobretudo o urbano. É comandada pelo inventor Wim Ouboter, intitulado o inventor do patinete dobrável de alumínio.

O produto surgiu como uma proposta para facilitar o deslocamento de pedestres, mas acabou virando um brinquedo de sucesso mundial no fim dos anos 2000. No entanto, em alguns países, como a Suíca, é possível ver o patinete de Ouboter sendo utilizado de fato como um meio de transporte.

Essa introdução serve para justificar o novo projeto da companhia, o Microlino. Aproveitando as formas do antigo Romi Isetta, a Micro resgatou a ideia da porta única frontal, atrelada à coluna da direção, com um eixo traseiro reduzido – e no qual está conectado o motor elétrico do protótipo.

O pequeno propulsor de 15 kW pode levar o Isetta movido a baterias a até 90 km/h, com autonomia de 120 km. Por dentro, há espaço para duas pessoas, que viajam com conforto limitado (o microcarro não tem ar-condicionado ou controles elétricos nos vidros).

Todo o chassi é tubular e sustenta a carroceria de fibra de vidro. O Isetta elétrico do mundo moderno pesa 450 kg, sem contar as baterias, e tem apenas 2,4 metros de comprimento. Pode ser carregado em tomadas domésticas comuns, de 220 V.

O fabricante insiste que o Microlino não é extamente um carro, e sim um conceito de transporte urbano mais eficiente para a vida urbana. Mesmo assim, o preço chega a assustar: 12 mil euros, o equivalente a quase R$ 40 mil em conversão direta.

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

PostagemIsetta elétrico tem autonomia de 120 km

Publicado no Verdesobrerodas



Por Quatro Rodas conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário