Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos se somadas as mídias sociais, * mais de MEIO MILHÃO de acessos somente no VSR, * lido por mais de DEZ países, * mais de SETE MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

quarta-feira, 22 de março de 2017

BAIC terá versão do BX5 com motor elétrico

Há algum tempo falamos sobre o ressurgimento da Borgward. A marca alemã voltou à vida graças à ajuda da Foton Motor. Essa empresa chinesa é uma das subsidiárias da Beijing Automotive Industry Corporation (BAIC) e sua área de negócio no setor automobilístico é a fabricação de veículos industriais.

A Foton Motor tem em seu poder o controle de 100% do capital da Borgward. Graças a seu empenho por redirigir seu negócio para a fabricação de veículos para passageiros é que a marca alemã volta a ter vários veículos em seu portfólio. Os dois modelos mais importantes que estão por chegar são os SUVs BX5 e BX6.

O primeiro mercado que recebeu os produtos da Borgward foi a China e parece que com relativo sucesso. O BX7 já está sendo vendido a um bom ritmo e quando chegar o BX5, os responsáveis da empresa esperam incrementar a cadência da fabricação e os pedidos. Por essa razão é que o SUV BX5 iniciará suas vendas na China em questão de poucos dias.

A linha mecânica será formada por dois motores a gasolina turbo. O primeiro será um quatro cilindros com 1.8 litros e uma potência de 190 cv com 280 Nm de torque. A segunda mecânica será um bloco de 1.4 litros e uma potência de 140 cv com 240 Nm de torque. O motor mais potente estará acoplado a uma transmissão automática de seis velocidades. O menos potente também estará combinado a uma transmissão automática DCT, mas em lugar de seis velocidades contará com sete.

Em uma segunda ofensiva comercial, o pessoal da Borgward anunciou que o BX5 chegará ao mercado com uma mecânica híbrida. O motor escolhido para essa configuração mecânica é o 1.4 litros, que com a ajuda do motor elétrico alcançará uma potência total de 253 cv e 453 Nm de torque. Assim como a mecânica convencional, estará acoplado à transmissão automática DCT com sete velocidades.

Sobre seu design pouco há o que dizer. Baseia-se na plataforma do Audi Q5 da geração anterior, razão pela qual suas linhas básicas são bem semelhantes. Resta saber se agradará ao público chinês para se tornar um dos modelos Premium favoritos do país.

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

PostagemBAIC terá versão do BX5 com motor elétrico

Publicado no Verdesobrerodas



Por PlanetCarsz conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário