Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos se somadas as mídias sociais, * mais de MEIO MILHÃO de acessos somente no VSR, * lido por mais de DEZ países, * mais de SETE MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

Opel Ampera-e com autonomia de 520 km tem mais de 3.400 pedidos

A Opel reclama para o seu novo modelo elétrico Ampera-e o título de “Das Elektroauto”, ou O Automóvel Elétrico. Com autonomia recorde de 520 km, certificada oficialmente de acordo com a norma NEDC (New European Driving Cycle), o novo Opel Ampera-e é um familiar compacto de 4,17 metros de comprimento, oferecendo muito espaço para transportar até cinco passageiros e 381 litros de bagagem (1274 litros com os bancos traseiros rebatidos). 

Na verdade, o interior do Ampera-e é maior do que o de vários automóveis convencionais inseridos no mesmo segmento de mercado.
«O Ampera-e é um automóvel elétrico plenamente apto para uma utilização normal no dia-a-dia. Não constitui um luxo ecológico, nem é um ‘gadget, nem apenas um segundo carro. A Opel demonstra que a mobilidade elétrica pode chegar a uma camada de população mais vasta graças a tecnologia inovadora» Karl-Thomas Neumann, CEO da Opel.

O novo modelo já iniciou comercialização na Noruega, o país europeu com maior expressão em mobilidade elétrica, onde o Ampera-e já regista mais de 3400 encomendas. Seguir-se-ão Alemanha, França, Holanda e Suíça. Agora que o revolucionário modelo da Opel começa a chegar aos mercados, é a oportunidade de dar a conhecer um pouco melhor as soluções tecnológicas ligadas à bateria, aos sistemas de assistência à condução e à conectividade digital. 

Com capacidade de 60 kWh, a bateria de iões de lítio do novo Ampera-e é formada por 288 células, dispostas em oito módulos de 30 células e dois módulos de 24 células. Todo o conjunto da bateria está colocado na parte inferior da carroçaria, o que representa poupança importante em termos de espaço e, ao mesmo tempo, zela pela segurança. Uma carga rápida de corrente contínua (DC) a 50 kW num posto público de recarregamento, com a duração de 30 minutos, é o bastante para acrescentar 150 km de autonomia. 

A Opel dá uma garantia de oito anos ou 160 mil quilômetros no sistema da bateria. O Ampera-e oferece autonomia total de 520 km, medida de acordo com o ciclo de testes NEDC. Na norma mais exigente - ainda em desenvolvimento - WLTP (Worldwide Harmonized Light-Duty Vehicles Test Procedure), no teste encurtado, os engenheiros calculam uma autonomia de 380 km. Naturalmente, a autonomia dependerá da utilização que for feita no dia-a-dia, incluindo o tipo de condução e fatores externos.

O binário instantâneo de 360 Nm é a principal característica que contribui para o temperamento especialmente dinâmico do Ampera-e. O débito de potência do motor elétrico é de 150 kW (204 cv). Tudo isto permite ao Opel elétrico acelerar de zero a 50 km/h em apenas 3,2 segundos e de zero a 100 km/h em 7,3 segundos. A clássica recuperação de 80 a 120 km/h, que reflete a capacidade de ultrapassagem, é cumprida em somente 4,5 segundos. A velocidade máxima está limitada a 150 km/h em benefício da autonomia.
  
VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

PostagemOpel Ampera-e com autonomia de 520 km tem mais de 3.400 pedidos

Publicado no Verdesobrerodas



Por Auto Newsconteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário