Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos se somadas as mídias sociais, * mais de MEIO MILHÃO de acessos somente no VSR, * lido por mais de DEZ países, * mais de SETE MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

sábado, 11 de fevereiro de 2017

Mercedes desenvolve versão híbrida do AMG e não descarta 100% elétrico

Não é uma prioridade na AMG, antes disso está o desenvolvimento dos modelos híbridos, mas não é uma possibilidade descartada pela Mercedes oferecer à submarca EQ modelos com tratamento AMG.
Para Olla Kalenius, “a AMG sempre se destacou pela performance, pelo comportamento e pela oferta aos seus consumidores de uma experiência inesquecível, mas, ao mesmo tempo – e esta é a chave de tudo – são automóveis utilizáveis numa base quotidiana. Portanto, a eletrificação está no caminho da AMG e não será impossível ter um veículo totalmente elétrico ou uma versão da gama EQ com o nome AMG. Não são, de todo, polos opostos!”
 
“Para nós, o SLS Electric Drive foi uma antevisão do futuro, foi um projeto de pesquisa, um gerador de conhecimento para a AMG no que toca aos modelos elétricos. Por isso é apenas uma questão de tempo até a AMG ser, também, elétrica.”
Olla Kallenius, presidente departamento R&D Mercedes

Mas antes disso, a AMG está já a trabalhar na próxima geração híbrida com tecnologia de 48 volts que deverá surgir a breve prazo, o mesmo em que aparecerão novos blocos V6 e V8 AMG.
 
Depois, como refere Kallenius, usando aquilo que a AMG aprendeu com o espetacular e caríssimo SLS Electric Drive, produzido em 2013 e dos quais foram vendidos uma mão cheia de unidades. 

“Para nós, o SLS Electric Drive foi uma antevisão do futuro” confessa o patrão do R&D da Mercedes, acrescentando que “foi um projeto de pesquisa, um gerador de conhecimento para a AMG no que toca aos modelos elétricos. Por isso é apenas uma questão de tempo até a AMG ser, também, elétrica.”

E depois, como bem lembra Kallenius, “não se pode ser campeão do Mundo de F1 sem ter um bom motor elétrico” por isso cedo ou tarde isso será uma realidade.

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

Postagem: Mercedes desenvolve versão híbrida do AMG e não descarta 100% elétrico
Publicado no Verdesobrerodas



Por Automonitor conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário