Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

segunda-feira, 2 de janeiro de 2017

Outlander com dois motores elétricos revela aumento de eficiência

O Outlander PHEV é o porta-estandarte da Mitsubishi no que toca a tecnologia híbrida, apresentando um sofisticado sistema que permite grande flexibilidade nos modos de condução, para conjugar máxima eficiência com as necessidades de mobilidade a cada momento.

O sistema PHEV compõe-se de um propulsor térmico a gasolina de 2,0 litros, capaz de desenvolver 121 CV e 190 N.m, suportado por dois motores elétricos, um dianteiro e outro traseiro, ambos de 60 kW. Estas unidades elétricas são alimentadas por baterias de iões de lítio, com 12 kWh de capacidade.

No modo Elétrico, o Outlander é movido às quatro rodas, exclusivamente pela força das baterias, com uma autonomia para 52 km. Nestas condições, a velocidade máxima, antes de entrar em funções o motor térmico, é de 120 km/h.

No modo Híbrido Série, a força das rodas provém igualmente das baterias, mas o motor térmico entra em funções para ativar o gerador, quando a carga das baterias é reduzida ou é exigida uma aceleração mais forte. Este modo mantém-se até aos 120 km/h.

No modo Híbrido Paralelo, é o 2 litros MIVEC que move as rodas dianteiras. É ativado sobretudo acima dos 120 km/h – ou aos 65 km/h com baixo carga de bateria –, com auxílio do motor elétrico traseiro para maiores picos de aceleração.

No interior, o condutor pode controlar, a cada momento, qual o modo de funcionamento através do monitor de fluxos de energia, além de antever qual a autonomia e de poder programar os períodos de carregamento e de ativação do ar condicionado.

Num ciclo 100 km, e aproveitando ao máximo a carga das baterias, o Outlander tem condições para consumir somente 1,8 l/100 km. Caso estejam em funcionamento os modos híbridos o consumo médio é de 5,5 l/100 km, com uma autonomia total que pode chegar aos 870 km.
Dada a sua condição de híbrido plug-in, os processos de cargas podem ser dois: Normal, que demora entre 3 ou 5 horas, consoante se trate de uma tomada de 10 ou 16A, ficando as baterias totalmente carregadas; Rápida, que leva somente 30 minutos e resulta numa carga aproximada de 80% das baterias. Uma app para smartphone permite programar à distância o período de carregamento, além de funcionar como um controlo remoto para funções como climatização e iluminação.

A versão que a Mitsubishi submete a concurso no Essilor Carro do Ano/Troféu Volante de Cristal – Mitsubishi Outlander PHEV Instyle Navi – inclui, como equipamento de série, climatização bizona, áudio Rockford Fosgate, sistema de navegação, dispositivo keyless KOS, sensores de luz e chuva, faróis dianteiros e traseiros em LED, para-brisas aquecido, sensores de parqueamento com câmara traseira ou visão360, portão traseiro automático, bancos em pele com regulação elétrica e aquecimento à frente, cruise control e jantes em liga leve de 18”. O preço desta versão é de €46 500, com uma garantia geral de 5 anos (ou 100 mil km) ou de 8 anos (ou 160 mil km) para as baterias.

Além do Essilor Carro do Ano/Troféu Volante de Cristal, o Mitsubishi Outlander PHEV concorre igualmente à classe Ecológico do Ano, onde enfrentará o Hyundai IONIQ Hybrid e o VW Passat Variant GTE.

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

PostagemOutlander com dois motores elétricos revela aumento de eficiência

Publicado no Verdesobrerodas



Por automonitor conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário