Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos se somadas as mídias sociais, * mais de MEIO MILHÃO de acessos somente no VSR, * lido por mais de DEZ países, * mais de SETE MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

terça-feira, 10 de janeiro de 2017

Indiana nos EUA quer cobrar imposto adicional para carros elétricos

Seguindo os passos de Michigan, Indiana pode se tornar mais um estado americano a cobrar imposto adicional para carros elétricos. O governo local está querendo aplicar uma taxa de US$ 150 nos veículos movidos por baterias. O objetivo é a manutenção das estradas da região, pois todos os carros a gasolina pagam uma taxa embutida no preço do combustível para este custeio. Na terra dos automóveis americanos, o imposto extra recai sobre todos os segmentos que usam bateria.

Como os carros elétricos não consomem combustível, deixam de pagar a taxa sobre a gasolina. Por isso, a ideia é que os donos de carros com baterias também contribuam com o valor citado, embora os híbridos, pois usam gasolina e assim pagam a taxa. Além disso, o estado quer também aplicar uma taxa de licença de US$ 15 para os elétricos.
Porém, não apenas os donos de carros elétricos de Indiana precisam se preocupar. O governo estadual quer aumentar o imposto sobre o galão de gasolina, passando de US$ 0,10 para US$ 0,18. O objetivo é cobrir perdas com incentivos ao consumo de combustíveis no passado. De volta aos elétricos, mesmo com um aumento no imposto da gasolina, quem tem carro comum pagaria menos que o dono de um elétrico. 

Um cálculo – considerado o perfil do motorista de Indiana – apontou que um carro a gasolina na região pagaria US$ 134,40 em taxa de combustível por ano, portanto, abaixo dos US$ 150 dos elétricos. No caso de um híbrido, o valor chega a US$67,20. Em todos os casos, rodando a mesma quilometragem (pouco mais de 19,3 mil km). Indiana pode arrecadar US$ 2 milhões a mais por ano apenas com essa taxa dos elétricos.

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

PostagemIndiana nos EUA quer cobrar imposto adicional para carros elétricos
Publicado no Verdesobrerodas



Por Noticiasautomotivas conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário