Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos se somadas as mídias sociais, * mais de MEIO MILHÃO de acessos somente no VSR, * lido por mais de DEZ países, * mais de SETE MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

terça-feira, 3 de janeiro de 2017

Fundo Ambiental Português dá 2.250 euros de incentivo para VEs

Desde há vários anos que existem ajudas do Estado para a compra de um carro elétrico. Se antes tinha de entregar um veículo para abate para obter este ‘cheque’, as regras mudaram desde 1 de janeiro. Basta apresentar um comprovativo em como comprou este tipo de automóvel para conseguir o subsídio de 2250 euros, atribuído pelo Fundo Ambiental. “A medida consta da versão final do Orçamento de Estado (OE) de 2017 e estará disponível para as aquisições de veículos 100% elétricos realizadas a partir do dia 1 de janeiro de 2017”, recorda o Ministério do Ambiente ao Dinheiro Vivo.  

O artigo 181.º do OE refere que “no âmbito das medidas tendentes à redução de emissões de gases com efeito estufa, é criado um incentivo à introdução no consumo de veículos de baixas emissões, financiado pelo Fundo Ambiental”. O apoio do Fundo Ambiental estará limitado aos primeiros mil carros elétricos comprados. 

O orçamento deste fundo para esta medida é de 2,25 milhões de euros. Só que o pedido do ‘cheque elétrico’ não será possível logo a partir dos primeiros dias de 2017, acrescenta o gabinete de João Matos Fernandes. “As regras gerais e o formulário de requisição do respetivo incentivo estarão disponíveis em breve no site da Secretaria Geral do Ministério do Ambiente e no futuro site do Fundo Ambiental.” 

Até lá, os proprietários devem guardar o documento comprovativo de compra. Inicialmente, o OE 2017 era omisso em relação ao apoio à compra de carros elétricos. Mas o gabinete de João Matos Fernandes anunciou, no final de outubro, a introdução deste apoio direto, em declarações ao jornal Público. O Fundo Ambiental reúne as receitas dos Fundos de Intervenção Ambiental, do Fundo da Proteção dos Recursos Hídricos, do Fundo da Carbono e do Fundo para Conservação da Natureza e da Biodiversidade.

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

PostagemFundo Ambiental Português dá 2.250 euros de incentivo para VEs 

Publicado no Verdesobrerodas



Por Dinheiro Vivo conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário