Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

domingo, 8 de janeiro de 2017

Empresa portuguesa construirá ônibus elétricos na China

A mobilidade elétrica é o novo desafio dos transportes e a CaetanoBus, empresa do grupo Salvador Caetano que é o maior fabricante de carrocerias e ônibus em Portugal, está apostada em marcar lugar nesse mundo novo. Designadamente na China, que é o maior mercado de ônibus elétricos do mundo. Instalada no país desde 2012, numa parceria com um sócio local, para a produção de ônibus de aeroporto, a CaetanoBus admite agora redirecionar a operação para o segmento de autocross urbanos. 

Tudo está ainda em negociação. “A China é o maior mercado de ônibus do mundo e foi o primeiro a adotar a mobilidade elétrica de forma generalizada. Em 2022 deverão vender-se 20 mil unidades ao ano destes veículos na China contra 3000 em toda a Europa. É, por isso, que estamos a reavaliar a operação na China e a estudar a diversificação da produção, discutindo a entrada de um novo parceiro, um fabricante de autocarros urbanos elétricos e de baterias”, explicou, em entrevista ao Dinheiro Vivo, o CEO da CaetanoBus. Jorge Pinto admite que “é cedo” para entrar em pormenores sobre como se vai processar a eventual entrada desse terceiro sócio.



A Brilliance CaetanoBus, resultado de uma parceria em partes iguais, dá emprego a cerca de cem pessoas e produz aproximadamente 50 unidades por ano. “Para crescer, precisamos de introduzir outro produto”, reconhece. A avançar, este projeto permitirá multiplicar por dez a atual produção, bem como a faturação, da ordem dos nove milhões de euros. No caso dos trabalhadores, a multiplicação seria por cinco e levaria a aumentar a dimensão da operação na China para 500 funcionários. A fábrica não precisaria de qualquer intervenção, porque “já está dimensionada para isso”. 

A CaetanoBus já produz ônibus urbanos elétricos em Portugal. O primeiro está já a operar em Lisboa, na frota da Carris. Com uma faturação esperada de 62 milhões de euros em 2016, cinco milhões abaixo do valor do ano anterior, a CaetanoBus tem grandes expectativas de crescimento em 2017, seja por via da entrada em novos mercados, como o da mobilidade elétrica, seja por via da procura acrescida de novos produtos, como é o caso do ônibus de turismo de dois pisos que a empresa disponibilizou ao mercado. 

Mas o crescimento será, ainda, assente na entrada em novos negócios, que a CaetanoBus mantém, para já, em segredo, admitindo que terá “mais informações” na segunda metade de 2017, bem como no desenvolvimento dos atuais mercados, como o português. É que, se o ano passado ficou abaixo das expectativas, 2017 traz consigo “excelentes perspetivas”.


VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

Postagem:

Publicado no Verdesobrerodas



Por Dinheiro Vivo conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário