Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

sexta-feira, 23 de dezembro de 2016

Tuk-tuk em Lisboa só se for elétrico

Se está farto dos tuk-tuks barulhentos a entupir as ruas de Lisboa e os considera uma praga, esta é uma boa notícia para si. Depois de proibir a circulação de carros feitos antes de 2000, e de querer tomar conta da Carris para controlar melhor o trânsito na cidade, a Câmara Municipal de Lisboa decidiu que todos os tuk-tuks vão ter de ser elétricos a partir de junho de 2017.

A nova regulação dos veículos turísticos foi aprovada na quarta-feira, 21 de dezembro. A câmara pretende reduzir a poluição e o ruído provocado pelos tuk-tuks, dos quais tem recebido várias queixas. A Câmara Municipal de Lisboa diz que, apesar disso, 60% já são elétricos.

Também não vão poder transportar bagagens, para não serem considerados concorrência aos táxis. Os tuk-tuks já estavam proibidos de circular em algumas ruas da capital, por exemplo, junto do Castelo de São Jorge. A ideia da autarquia é limitar ainda mais a quantidade de ruas onde podem passar.

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

PostagemTuk-tuk em Lisboa só se for elétrico

Publicado no Verdesobrerodas



Por NiT New in Town conteúdo

Um comentário:

  1. a CARRIS - companhia de autocarros e eléctricos (tramway) de Lisboa NÃO foi transferida do estado para a Câmara Municipal para tratar do trânsito mas supostamente para a cidade ter mais influência sobre o planeamento da rede é a definição da oferta e se degradou completamente nos últimos anos

    ResponderExcluir