Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos se somadas as mídias sociais, * mais de MEIO MILHÃO de acessos somente no VSR, * lido por mais de DEZ países, * mais de SETE MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

sexta-feira, 9 de dezembro de 2016

Supercapacitor poderá ser o futuro da mobilidade elétrica

Uma pesquisa inovadora da Universidade de Surrey e da Augmented Optics Ltd., em colaboração com a Universidade de Bristol, descobriu novos materiais que oferecem uma alternativa à energia da bateria e provou ser entre 1.000 e 10.000 vezes mais potente do que a alternativa de bateria existente - Um supercapacitor. 
A nova tecnologia poderia revolucionar os carros elétricos, permitindo a possibilidade de recarregamento tão rápido quanto é necessário para um carro regular não elétrico para reabastecer com gasolina - um processo que atualmente leva aproximadamente 6-8 horas para recarregar.

A nova tecnologia poderia permitir que o carro elétrico viajar de Londres para Edimburgo sem a necessidade de recarregar, mas se necessário poderia levar apenas alguns minutos.

Os supercapacitor estão sendo usadas em ônibus na China, mas têm uma escala muito limitada. Ele aumenta a autonomia do veículo. Por exemplo, com os atuais supercapacitores pode-se recarregar a cada 2-3 paradas, já com a nova tecnologia a necessidade de recarga seria entre 20-30 paradas e, ainda assim, levaria apenas alguns segundos.

Elon Musk, da Tesla e SpaceX, já afirmou sua crença de que supercapacitors são susceptíveis de ser a tecnologia para o futuro do transporte aéreo elétrico. Acreditamos que o avanço científico atual poderia tornar essa visão uma realidade, disse ele.

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

Postagem: Supercapacitor poderá ser o futuro da mobilidade elétrica
Publicado no Verdesobrerodas



Por Bristol conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário