Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

Portugal expande infraestrutura para VEs compartilhados

Dois meses após o início da operação assistida, o sistema Veículos Alternativos para Mobilidade (Vamo) somou 532 viagens, 281 cadastros ativos (que já utilizaram o sistema) e 743 inativos. Ainda neste mês, terá início a implantação de outras sete estações na Capital. Entre os bairros contemplados, Praia de Iracema, Benfica e Jóquei Clube. Nenhum problema grave foi registrado no sistema nestes 60 dias.
O modelo, baseado no sistema existente em Paris, ainda está sendo testado. Eficácia do carregamento, usabilidade do aplicativo, possíveis defeitos mecânicos, tudo está sendo monitorado para identificação de falhas e ajustes.

Em 49% das viagens, o padrão de uso é “one way”, quando o usuário retira e devolve o carro na mesma estação. “Isso nos leva a crer que muita gente mora em um bairro, não tem carro e precisa, naquele dia, utilizar o veículo”, avaliou o titular da Secretaria Municipal da Conservação e dos Serviços Públicos (SCSP), Luiz Alberto Sabóia.

O secretário informou que aguardará dois meses após a implantação das novas estações para fazer estudos mais detalhados. “Serão realizadas ações itinerantes em praças, mostrando como é o uso”, afirmou. A utilização da faixa exclusiva para ônibus pelos carros elétricos também está sendo avaliada.
Uma parceria entre a Enel Distribuição Ceará (antiga Coelce) e a Universidade de Fortaleza (Unifor) avaliará questões regulatórias envolvendo o sistema de carros compartilhados. “Vamos definir indicadores de meio ambiente, de mobilidade e socioeconômicos”, disse Sabóia.

O estudo será iniciado em janeiro e tem duração de dois anos, com divulgação de resultados a cada seis meses. O objetivo é prospectar um futuro com a ampliação do sistema e a existência de estações multimodais. “No Benfica, por exemplo, tem metrô, ônibus, uma estação do Vamo, táxi, mototáxi e Bicicletar”, listou o secretário.

Os veículos são 100% elétricos, não causam poluição sonora e não emitem poluentes. O sistema é único em funcionamento no País.

Números

* 532 viagens foram realizadas desde o dia 30 de setembro

* 100 minutos é o tempo médio das viagens realizadas com o Vamo

* 21 quilômetros é a distância média percorrida a cada viagem

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

Postagem: Portugal expande infraestrutura para VEs compartilhados
Publicado no Verdesobrerodas



Por Opovo conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário