Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos se somadas as mídias sociais, * mais de MEIO MILHÃO de acessos somente no VSR, * lido por mais de DEZ países, * mais de SETE MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

segunda-feira, 19 de dezembro de 2016

Mercedes aumenta investimento em sistema de carros compartilhados

A Mercedes-Benz amplia, a partir desta segunda-feira (19), a sua participação no mercado de compartilhamento de carros. Ela colocará em operação em Munique, na Alemanha, o serviço Croove, plataforma via aplicativo de smparthone aberto aos proprietários de carros de qualquer marca. É um serviço conhecido como P2P (do inglês peer to peer, ou pessoa para pessoa, em português).

É uma oportunidade para o dono faturar com a locação do veículo quando estiver sem uso, durante uma viagem, por exemplo. 

Já o locatário tem a vantagem de ter um meio rápido e direto com uma ampla gama de opção de carros para alugar, escolhendo a que melhor satisfaça suas necessidades.

O Croover é o segundo serviço da Mercedes-Benz nessa área. Desde 2008, ela mantém o car2go, plataforma de compartilhamento via aplicativo que se diferencia por ser um serviço de carona remunerada apenas com carros da marca. Ele conta uma frota de 14 mil veículos e cerca de 2 milhões de usuários em metrópoles como Berlim, na Alemanha, Nova York, nos Estados Unidos, e em Chongqing, uma das maiores cidades da China.

A Volkswagen também entrará nesse mercado em 2017, com a entrada em operação do Moia, um concorrente do Uber e do car2go, nas cidades alemãs de Berlim e Hamburgo. Inicialmente, o Croover estará aberto apenas para usuários do sistema iOS da Apple, mas já está prevista uma versão para Android. A Mercedes-Benz tem planos para expandir o serviço para outras cidades alemãs.

Para participar, o carro não pode ter mais do que 15 anos de uso e estar em perfeitas condições. Já o arrendatário precisa ter pelo menos 21 anos, fazer um seguro da Allianz, parceira da Mercedes no negócio, e deixar o carro no local designado. O Croove e o car2go fazem parte da expansão de negócios da Mercedes-Benz. A montadora espera o crescimento do mercado de compartilhamento no futuro com o uso de carros elétricos e o lançamento dos veículos autônomos (dispensam o motorista).

No Brasil, a Chevrolet e a Audi mantêm projetos-pilotos de compartilhamento de carros. Um estudo recente da consultoria Frost & Sullivan1 prevê que o número usuários de compartilhamento de carros em todo o mundo crescerá cinco vezes nos próximos nove anos, passando dos atuais 7,9 milhões para 36,7 milhões até 2025. Um dos possíveis participantes do car2go e Croove é a nova geração do Mercedes-Benz Classe E Coupe.

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

PostagemFortaleza instala seis primeiras estações para VEs

Publicado no Verdesobrerodas



Por Blasting News conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário