Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

sexta-feira, 30 de dezembro de 2016

Madri adota rodízio de placas e veículo elétrico fica de fora

Esta quinta-feira só entram em Madrid veículos com matrículas terminadas em números ímpares. A medida é inédita e diz muito sobre os níveis de poluição na capital espanhola, que têm apresentado valores preocupantes.  

Depois de três dias consecutivos a ultrapassar os níveis de dióxido de nitrogénio, as autoridades madrilenas resolveram ativar a fase três do plano de emergência ambiental, que condiciona a circulação de veículos na cidade.
A decisão, anunciada por Marta Higueras, vereadora da câmara de Madrid, entra em vigor às 06:30 e termina às 21:00 desta quinta-feira. De fora ficam motas, transportes públicos, veículos de transporte de pessoas com mobilidade reduzida e carros elétricos. Apesar de ser algo inédito no país vizinho, Madrid é a terceira capital europeia a adotar esta medida, já aplicada noutras ocasiões em Paris e em Roma.
 
A fase três do plano de emergência ambiental limita também a velocidade máxima de circulação dos automóveis a 70 quilómetros por hora na M-30, uma via rápida que circunda Madrid, e restringe muitos lugares de estacionamento a residentes, pessoas com mobilidade reduzida e a outros casos excepcionais como utentes de unidades de saúde.

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

Postagem: Madri adota rodízio de placas e veículo elétrico fica de fora
Publicado no Verdesobrerodas



Por Tvi24 conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário