Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

quarta-feira, 14 de dezembro de 2016

França dá impulso aos veículos elétricos para combater poluição

O governo francês anunciou uma série de medidas contra a poluição, incluindo incentivos para a compra de veículos elétricos.

O ministro do Meio Ambiente, Ségolène Royal, disse que haverá, a partir do próximo mês, um bônus de até 10.000 euros para quem descartar veículos comerciais ligeiros a diesel ou táxis  velhos e adquirir veículos elétricos. A medida está em vigor para os compradores privados desde o ano passado.
Um bônus de 1.000 euros, também, será concedido para a compra de uma scooter elétrica a partir de 01 de janeiro, disse ela.

Várias cidades francesas vêm se recuperando do pico de poluição ocorrido nos últimos dias. Paris enfrentou, na semana passada, sua pior poluição de inverno em uma década. Como resultado, desde terça-feira, metade de todos os carros particulares foi retirado das estradas na região de Paris, com adoção de rodízio de placas em números ímpares ou pares.

No entanto, essas restrições foram atenuadas para sábado e domingo após "previsões favoráveis" pela organização AirParif, que monitora a qualidade do ar na região de Paris.

As medidas propostas incluíam obrigar os motoristas a exibirem certificados de qualidade de ar codificados por cores em veículos de modo que o mais sujo deles pudesse ser banido durante o próximo alerta. Esta etiqueta de exibição está configurada para se tornar obrigatória a partir de 16 de janeiro.

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

Postagem: França dá impulso aos veículos elétricos para combater poluição
Publicado no Verdesobrerodas



Por Electric Car Report conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário