Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos se somadas as mídias sociais, * mais de MEIO MILHÃO de acessos somente no VSR, * lido por mais de DEZ países, * mais de SETE MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

terça-feira, 13 de dezembro de 2016

Carros eletrificados terão em torno de 14% do mercado em 2023

Os carros elétricos ou híbridos vão representar 14,2% da frota automóvel mundial em 2023. No total, deverão circular mais de onze milhões de carros “amigos do ambiente” nas estradas mundiais, nomeadamente na Europa, nos Estados Unidos e na China. As previsões são da consultora LMC Automotive e significam que em sete anos, o uso de carros elétricos ou híbridos vai subir mais de 10% face aos valores atuais, que não ultrapassam os 3,9%.

A Europa será o mercado principal deste tipo de veículos, com uma quota de mercado esperada de 20%, o equivalente a 3,91 milhões de carros. Nos Estados Unidos o crescimento do uso de carros elétricos e híbridos será “muito mais modesto”, prevê a LMC, que antecipa uma quota de 11,2%. Na China o valor deverá chegar aos 12,1%. Segundo a análise da LMC, o crescimento mais significativo na Europa e na China deve-se aos incentivos do Governo neste sentido. 

Nos Estados Unidos a pouca maturidade do mercado, o preço mais baixos dos combustíveis e a falta de incentivos públicos explicam a menor adesão. No Japão o crescimento também será baixo mas por motivos diferentes: o país já é o líder mundial na venda de veículos híbridos ou elétricos e assim se deverá manter em 2023. Os veículos híbridos vão continuar a ultrapassar os elétricos em popularidade, com uma quota de dois em cada três veículos movidos a combustíveis alternativos. As principais construtoras automóveis já se preparam para o futuro. 

Depois do escândalo das emissões, a Volkswagen espera vender entre dois e três milhões de carros “verdes” em 2025 e deverá lançar 30 novos modelos de veículos desta gama, num investimento que deverá ultrapassar os 4500 milhões de euros por ano. A Mercedes terá onze modelos elétricos em 2025 e espera vender cerca de 500 mil destes veículos por ano em 2025. A BMW quer vender cem mil veículos elétricos já no próximo ano.

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

Postagem:

Publicado no Verdesobrerodas



Por Dinheiro Vivo conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário