Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos se somadas as mídias sociais, * mais de MEIO MILHÃO de acessos somente no VSR, * lido por mais de DEZ países, * mais de SETE MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

domingo, 13 de novembro de 2016

Montadoras dos EUA pedem a Trump para não produzirem carros elétricos

Fabricantes de automóveis fazem lobby pedindo a Trump para não força-los a produzirem carros elétricos.

Dois dias após a eleição de Donald Trump, as montadoras já começaram seus esforços de lobby para enfraquecer os requisitos para a redução do consumo de combustível. 
O objetivo atual é para enfraquecer a regulamentação de mais de 50 mpg (em torno de 21 km por litro de gasolina) em 2025, o que exigirá dos fabricantes de automóveis produzirem mais veículos elétricos para compensar as emissões.

Em uma carta enviada ontem à equipe de transição de Trump, um poderoso grupo de lobbying de fabricantes de automóveis alegaram que as montadoras não podem produzir carros com emissão zero a um preço competitivo e pedem para reduzir os requisitos para que eles possam cumprirem as metas estabelecidas.
 
As montadoras são representadas pela Alliance of Automobile Manufacturers, que reune quase todos os principais fabricantes de automóveis dos EUA ( A Tesla está fora da Alliance).

Na carta obtida pela Automotive News, o CEO da Alliance, Mitch Bainwol argumenta que a demanda por "powertrains alternativos" (carros elétricos do aka) não é suficiente para fabricantes de automóveis alcançar as exigências do consumo de combustível.

A União de Cientistas e a União dos Consumidores de carro nos EUA, descobriram, no início deste ano, que a maioria dos compradores estão interessados ​​em carros elétricos. Outro estudo do Instituto de Tecnologia de Massachusetts concluiu que os carros elétricos fornecem alcance suficiente para 87% dos motoristas nas estradas da América.

O CEO da Aliança dos Fabricantes de Automóveis disse a Trump em sua carta que "À medida que os preços dos carros aumentam, torna-se vital olhar para o custo total das iniciativas regulatórias. Uma ação reguladora bem intencionada corre o risco de aumentar os custos, a ponto de tecnologias adicionais de segurança e eficiência de combustível colocar os veículos novos fora do alcance financeiro do comprador médio de carros novos".

De um lado, a maioria das mesmas montadoras representadas pela Aliança afirma estar investindo pesadamente em carros elétricos e eles dizem concordar que a eletrificação é o futuro do transporte, mas por outro lado, seus principais lobistas estão pedindo para reduzir os investimentos.

Além disso, a Aliança quer que as autoridades federais considerem os custos que já incorreram com o mandato de emissão zero da Califórnia, forçando algumas montadoras a produzirem mais carros elétricos.

Durante a campanha, Trump disse que planeja revisar todos os regulamentos de consumo de combustível e colocar uma moratória em todos os novos regulamentos. Considerando que a Califórnia, também, deveria rever o seu mandato ZEV, certamente será uma situação interessante a nível estadual e federal.

VerdeSobreRodas, o seu ponto de encontro com a mobilidade sustentável

Postagem: Montadoras dos EUA pedem a Trump para não produzirem carros elétricos
Publicado no Verdesobrerodas



Por Electrek conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário