Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

quinta-feira, 24 de novembro de 2016

Modelo i3 da BMW economiza no bolso dos proprietários

Nunca houve tanto interesse em carros elétricos. As preocupações crescentes com o meio ambiente começaram a rodar a bola – principalmente agora com os motoristas enfrentando proibição de dirigir veículos regulares nos centros urbanos de algumas regiões (ou tendo que pagar preço alto para fazê-lo), mais compradores do que nunca, estão demostrando interesse em veículos híbridos plug-in, autonomia estendida e elétrico puro.
A BMW, projeta seus veículos para que possam lidar com as "megacidades" do mundo - Londres, Xangai, Nova York e assim por diante – devido a eles introduzirem legislação cada vez mais apertada sobre emissões de gases do escape e motores de combustão. Uma fábrica da BMW no Estado de Washington, EUA, utiliza energia hidrelétrica renovável em seus processos de fabricação. Na Alemanha, uma outra fábrica de veículo eletrificado da BMW consome muito menos água e energia do que uma planta de carro tradicional.
 
Não é apenas p processo de produção que traz benefícios aos carros eletrificados da BMW. Há outros fatores importantes, como a redução dos gastos com combustível. Por cálculo aproximado, e dependente do negócio que se tem com o fornecedor de eletricidade, uma carga total no BMW i3 pode custar, no Reino Unido,  cerca de 3,7 dólares (£ 3), suficiente para rodar em torno de 200 quilômetros. Se o motorista rodar, por exemplo, 17.000 quilômetros (10 mil milhas) em um ano, estará pagando cerca de 315 dólares (£ 250) de energia.

Para rodar o mesmo tanto com um carro de combustão a gasolina, gastaria em torno de 1.200 litros do combustível, pelo preço médio atual de 1,95 dólares por litro (£ 1,15), daria o total de 2.340 dólares, portanto uma economia de, aproximadamente, 2.025 dólares (£ 1.191). Isso sem contar com a manutenção que é muito menos onerosa, já que o veículo elétrico tem menos partes do que seu par de combustão interna. Uma boa economia, não é mesmo?

 Para redução da chamada range anxiety a BMW aumentou a bateria no carro para uma unidade de 94Ah que pode, segundo a montadora, dar um alcance total de quase 470 quilômetros (276 milhas) ao seu i3. Eu nunca testei um modelo de autonomia estendida do i3 para poder confirmar afirmar, mas o John Mcliroy da Revista Auto Express do Reino Unido, disse ter feito o teste e que o carro pode alcançar em torno de 340 quilômetros (200 milhas) com tranquilidade. Ele não explica as condições em que o teste foi realizado, mas como ficou com o carro por seis meses, espera-se que tenha tido oportunidade de testa-lo em diferentes situações.

De qualquer forma, ninguém duvida dos investimentos e bom trabalho que a BMW tem feito para fazer de seus carros elétricos os melhores do mundo.

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

Postagem: Modelo i3 da BMW economiza no bolso dos proprietários
Publicado no Verdesobrerodas



Por Autoexpressconteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário