Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos se somadas as mídias sociais, * mais de MEIO MILHÃO de acessos somente no VSR, * lido por mais de DEZ países, * mais de SETE MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

quinta-feira, 10 de novembro de 2016

Compradores do Tesla não terão mais carregamento rápido gratuito

A Tesla anunciou esta terça-feira que todos os seus novos clientes deixarão de beneficiar de carregamentos grátis nos postos Supercharger a partir do dia 1 de janeiro de 2017. Os proprietários atuais continuam a ter direito a carregamentos rápidos grátis.

A fabricante norte-americana de elétricos irá conceder aos novos proprietários de veículos Tesla um crédito de carregamentos anuais de 400 kWh que se traduz em cerca de 1610 quilômetros. 

E que irá cobrar uma "pequena taxa", inferior ao que custa abastecer um automóvel com combustível convencional, ultrapassado esse limite.

O valor a cobrar pela Tesla na sua rede Supercharger oscilará de acordo com o custo da energia naquele momento. Estas alterações serão aplicadas aos clientes que encomendarem os seus modelos Tesla a partir do dia 1 de janeiro e não terá impacto nas encomendas anteriores, desde que o cliente vá buscar o veículo antes do 1 de abril de 2017.

Recorde-se que a rede Supercharger - atualmente composta por 734 postos e por 4605 pontos de carga individuais -  permite carregar o equivalente a 275 km de autonomia em menos de 30 minutos.

VerdeSobreRodas, o seu ponto de encontro com a mobilidade sustentável

Postagem: Compradores do Tesla não terão mais carregamento rápido gratuito

Publicado no Verdesobrerodas

Por automonitor conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário