Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos se somadas as mídias sociais, * mais de MEIO MILHÃO de acessos somente no VSR, * lido por mais de DEZ países, * mais de SETE MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

quinta-feira, 10 de novembro de 2016

Alunos da USP apresentam mais um carro elétrico

Para fugir da poluição ambiental e sonora causada pelos veículos que utilizam a combustão como força de energia, alunos da Escola de Engenharia de São Carlos (EESC), da USP, se entregaram a um novo projeto: o lançamento do segundo carro elétrico, destinado à Competição Fórmula SAE Brasil.

O protótipo, batizado de T-02, participará de uma das maiores competições universitárias de engenharia do País –, que acontecerá de 24 a 27 de novembro, na cidade de Piracicaba, em São Paulo. 

A Equipe Tupã, fundada em 2012, tem coordenação do professor Maximiliam Luppe e partiu da iniciativa de dois alunos da EESC que pretendiam criar um carro elétrico de alta performance.

No ano passado, logo na sua primeira participação, o grupo conquistou o terceiro lugar da classificação geral, alcançando boa pontuação nas provas de custo e manufatura, projeto e apresentação.

Em relação ao modelo de 2015, o carro deste ano apresenta diversas novidades. A equipe projetou um redutor com engrenagens mais compacto, de fácil montagem e desmontagem, com fixação do motor diretamente ao sistema de transmissão. Além disso, o chassi foi redesenhado e o pack de baterias foi dividido em duas partes que foram alocadas nas entradas de ar laterais do veículo, conseguindo assim melhor refrigeração dos componentes internos e facilitando a manutenção. “Focamos em deixar o carro com alta confiabilidade e, ao mesmo tempo, com um alto desempenho, projetando todas as áreas com estes propósitos”, conta o aluno Lucas Marques Ribeiro, diretor geral da equipe.


Visando aproveitar ao máximo a energia das baterias, o T-02 possui um sistema de freios regenerativo, ou seja, um controlador interno detecta quando o veículo está sendo desacelerado e, a partir disso, os motores passam a agir como geradores de energia elétrica. Assim, nos momentos de frenagem, as baterias são recarregadas. Outra inovação foi a utilização da impressão 3D para construir o volante.

Questionado sobre a importância de se discutir novas possibilidades de geração de energia automotiva, o professor Luppe ressalta que “o uso da energia elétrica em tração de veículos está ligada diretamente a questões relacionadas ao meio ambiente, eficiência energética, mobilidade urbana, fontes alternativas de energia e economia circular”, o que torna a participação da USP quase obrigatória.

Para a aplicação em veículos comuns, o aluno Marques Ribeiro detalha que seria, principalmente, “relacionada à parte de diferencial eletrônico para veículos elétricos com dois ou mais sistemas de tração independentes, uma vez que esta seria uma alternativa mais viável e leve em detrimento do uso do diferencial mecânico”.

VerdeSobreRodas, o seu ponto de encontro com a mobilidade sustentável

Postagem: Alunos da USP apresentam mais um carro elétrico

Publicado no Verdesobrerodas

Por Jornal do Campus conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário