Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos se somadas as mídias sociais, * mais de MEIO MILHÃO de acessos somente no VSR, * lido por mais de DEZ países, * mais de SETE MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

sábado, 15 de outubro de 2016

Nissan testa veículo e-Bio no Brasil

A empresa japonesa Nissan anunciou, recentemente, o primeiro protótipo de um carro movido por uma célula de combustível de óxido sólido (SOFC, na sigla) movido a etanol. A célula de combustível e-Bio produz eletricidade via SOFC usando o bioetanol armazenado no veículo. O hidrogênio é extraído do combustível por meio de um reformador e do oxigênio atmosférico. Com a reação eletroquímica que ocorre em seguida surge a eletricidade para alimentar o automóvel.

A indústria automobilística vem investindo muito em pesquisas de novas tecnologias que possam reduzir o impacto ambiental gerado pela queima de combustíveis. Os automóveis híbridos e elétricos fazem parte desse processo de evolução, mas têm o problema de infraestrutura de abastecimento e reposição das baterias. Por isso a inovação em questão é tão promissora, já que consegue extrair o hidrogênio líquido do próprio veículo.

A Nissan afirma que o motor da célula de combustível e-Bio é limpo, altamente eficiente e funciona 100% com etanol ou com água misturada ao etanol. As emissões de carbono-neutro são limpas como a atmosfera; além disso, o carro oferece a aceleração potente e condução silenciosa, assim como baixos custos de manutenção (iguais aos de um veículo elétrico), ao passo que possui a autonomia de um veículo movido a combustível fóssil (cerca de 600 km).

Combustíveis de bioetanol são provenientes principalmente da cana-de-açúcar e do milho. Eles são encontrados facilmente em países da América do Norte e do Sul, que dispõem de infraestrutura já estabelecida. 

Devido à fácil disponibilidade de etanol e da baixa combustibilidade de água misturada ao etanol, o sistema não é dependente nem é restringido pela infraestrutura de carregamento existente, tornando a proposta mais mais fácil de ser apresentada ao mercado. O veículo também funciona com gás natural. No futuro, se esse tipo de carro for adiante, as pessoas poderão parar em pequenas lojas de varejo e comprar combustível.

Essa tecnologia pode mudar o rumo da mobilidade e do planejamento energético dos combustíveis líquidos. Conheça esta tecnologia e o novo veículo nas discussões que ocorrerão na 16ª Conferência Internacional da Datagro sobre Açúcar e Etanol, dias 17 e 18 de outubro de 2016, no Grand Hyatt São Paulo.
VerdeSobreRodas, o seu ponto de encontro com a mobilidade sustentável

Postagem: Nissan testa veículo e-Bio no Brasil

Publicado no Verdesobrerodas

Por Ibahia.com conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário