Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos se somadas as mídias sociais, * mais de MEIO MILHÃO de acessos somente no VSR, * lido por mais de DEZ países, * mais de SETE MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

terça-feira, 18 de outubro de 2016

MINI revela detalhes do seu Plug-in

A MINI revelou novos detalhes da sua nova aposta Plug-in híbrida, com base no Countryman para 2017. Este modelo foi confirmada pela marca Britânica do Grupo BMW, adiantando que o processo de desenvolvimento deste novo PHEV está praticamente concluído.

O novo Countryman híbrido junta um motor a gasolina a uma unidade elétrica, marcando assim um novo capítulo para a MINI, que procura oferecer a diversão típica da marca, mas também uma maior eficiência, até aqui desconhecida com motorização elétrica.

“Com este modelo, queremos convencer os clientes da MINI dos benefícios da motorização híbrida e impressionar toda a gente que já conheça a experiência da condução ecológica, mas com um sentimento único de condução de karting”, referiu o responsável de desenvolvimento da marca MINI, Sebastian Mackensen.

“A chave para o conseguir está na gestão inteligente da energia que é usada para controlar a forma como os motores de combustão e elétrico funcionam em conjunto. Por esta razão, o primeiro MINI Plug-in híbrido não se foca unicamente na eficiência, mas também na procura incessante do prazer de condução”, acrescentou.

Além da porta de carregamento no lado esquerdo do veículo, quase tudo é igual a um Countryman comum, mesmo no interior, com diferenças como o botão de ignição em amarelo (em vez de vermelho) e um medidor de energia em vez do conta-rotações na coluna de direção. Os primeiros metros fazem-se em modo elétrico (com tração às rodas traseiras), recorrendo ao motor elétrico alimentado a partir de uma bateria de alta-voltagem montada sob os bancos traseiros.
O modo padrão AUTO eDRIVE permite velocidades até 80 km/h, enquanto o modo MAX eDRIVE permite já velocidade máxima de 125 km/h em modo elétrico. Apesar do seu lado ecológico, a MINI promete diversão de condução, não se registrando grandes diferenças em termos de chassis, contando com os elementos do sistema eDrive posicionados em forma muito baixa de forma a reduzir o centro de gravidade, ao passo que a distribuição de peso é equitativa. Um modo SAVE BATTERY permite guardar a carga de bateria para uma fase posterior. Nesse modo, as próprias baterias são recarregadas em andamento.

Com tração dianteira do motor térmico e traseira do motor elétrico, o sistema dinâmico de estabilidade (DSC) consegue otimizar os níveis de motricidade em qualquer momento.

VerdeSobreRodas, o seu ponto de encontro com a mobilidade sustentável

Postagem: MINI revela detalhes do seu Plug-in

Publicado no Verdesobrerodas

Por automonitor conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário