Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

domingo, 11 de setembro de 2016

Universidade do Sul do Brasil apoia produção de carro elétrico

O inventor e aposentado João Alfredo Dresch, de Lajeado, tornou-se conhecido nacionalmente por ter construído de forma artesanal o JAD1, um minicarro elétrico. O feito não foi suficiente para o inventor: sua intenção é fabricar em escala não o JAD1, mas o JAD2, modelo aperfeiçoado por ele, ainda em fase de concepção. Para contribuir com essa iniciativa, a Universidade de Passo Fundo (UPF), por meio do reitor José Carlos Carles de Souza, assinou um contrato de cooperação com a empresa de Dresch.

A assinatura ocorreu na noite de quinta-feira, 8 de setembro, durante a programação da Semana Acadêmica da Faculdade de Engenharia e Arquitetura (Fear). O trabalho será realizado por meio do Parque Científico e Tecnológico UPF Planalto Médio (UPF Parque), que funciona como elemento agregador entre o ambiente acadêmico e a empresa JAD. 

De acordo com o coordenador do UPF Parque, Charles Israel, a prioridade é terminar o JAD2 e, a partir desse resultado, buscar melhorias. “Depois que o carro estiver funcionando, equipes multidisciplinares vão trabalhar na área de automação e na parte externa”, explica. O professor Mateus Pereira irá liderar as equipes de estudantes nesse projeto. “Estamos dividindo o projeto em três grandes áreas: design de produto, mecânica e elétrica”, relata.


Acadêmicos da UPF de Engenharia Mecânica, Engenharia Elétrica, Engenharia de Computação, Ciência da Computação e Design de Produto devem contribuir com o projeto, que inclui adequar o carro à legislação brasileira, com relação, por exemplo, a air bag e freios ABS.

O reitor José Carlos Carles de Souza conta que conheceu Dresch em um evento e percebeu que a Universidade poderia ajudá-lo em seus propósitos. “A UPF pode aprimorar o veículo com tecnologias desenvolvidas e estudadas no ambiente acadêmico. Na época eu disse a ele que estávamos criando um parque tecnológico, que hoje é uma realidade e nos possibilita contribuir com essa importante iniciativa”, colocou.

O JAD2 possui 2,45m de comprimento e 1,15m de largura, tamanho que, para Dresch, proporciona conforto e é adequado ao uso de pessoas com deficiência, por exemplo. “Recebo muitas ligações de cadeirantes que querem o carro para facilitar a sua locomoção”, relata. O modelo será equipado com seis baterias, que lhe dão autonomia para percorrer até 150 km. O inventor conta que acredita nos modelos elétricos por não serem poluentes. “Por esse motivo, veículos como esses são isentos de IPVA”, lembra.

VerdeSobreRodas, o seu ponto de encontro com a mobilidade sustentável

Postagem: Universidade do Sul do Brasil apoio produção de carro elétrico 

Publicado no Verdesobrerodas

Por PlanetaUniversitário  conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário