Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

quinta-feira, 1 de setembro de 2016

Exército dos EUA testará veículo a hidrogênio da GM

A General Motors (GM) apresentará em outubro um veículo elétrico com pilha de combustível a hidrogênio, que está em desenvolvimento de forma conjunta com o Exército dos Estados Unidos. O veículo será baseado na picape Chevrolet Colorado, "parente" S10 brasileira. A estreia está marcada para a reunião da Associação do Exército dos Estados Unidos (AUSA, por seu sigla em inglês) que será realizada em Washington.
O Exército começará a testar o veículo em 2017.

A GM e o Centro de Pesquisa, Desenvolvimento e Engenharia Automotivo de Tanques do Exército dos Estados Unidos (Tardec) chegaram a um acordo em 2015 para o desenvolvimento em conjunto. O Exército americano está interessado na tecnologia de pilha de combustível por seu potencial para reduzir o barulho dos motores, assim como a possibilidade de geração de energia e água.

O diretor do Tardec, Paul Rogers, explicou em comunicado que "as pilhas de combustível são uma fonte de energia com potencial para proporcionar ao Exército capacidades incrivelmente valiosas". "Esperamos que o veículo seja silencioso e pronto para proporcionar a geração de eletricidade para necessidades fora do veículo. Com os avanços na tecnologia de pilha de combustível, é um momento ideal para pesquisar sua viabilidade em condições militares extremas", acrescentou Rogers.

Para a GM, o projeto ajuda a desenvolver um modelo comercial movido a hidrogênio, que tem previsão de chegar ao mercado em 2020.

VerdeSobreRodas, o seu ponto de encontro com a mobilidade sustentável

Postagem: Exército dos EUA testará  veículo a hidrogênio da GM

Publicado no Verdesobrerodas

Por Globo.com conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário