Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

quarta-feira, 28 de setembro de 2016

Consumidor escolhe combustível para substituir a gasolina

Uma pesquisa de opinião pública realizada nos EUA a partir de junho 2016 perguntou o seguinte: considere uma data futura em que a gasolina não estará mais disponível, quais dos seguintes combustíveis você considera que seria melhor para uso em veículos pessoais: gás natural, eletricidade, etanol ou hidrogênio? 

A eletricidade foi escolhido por 43% dos entrevistados como o melhor combustível para uso em veículos pessoais, enquanto o gás natural foi escolhido por 24%. Hidrogênio e etanol ficaram em torno de 15% dos entrevistados.

Aos mesmos entrevistados, também, foram dadas essas quatro opções de combustível, pedindo que eles identifixassem o pior combustível para uso em veículos pessoais quando a gasolina não estiver mais disponível. O gás natural e etanol foram ambos escolhidos por 26% dos entrevistados, como sendo o pior de combustível para substituir a gasolina.

Durante a pesquisa, categorias foram alternadas para evitar a parcialidade das respostas.

Considere-se uma data futura quando a gasolina já não está disponível. Qual dos seguintes você acha que seria o melhor combustível para uso em veículos pessoais? Você diria...
Naquele momento futuro, o que seria o combustível pior para utilização em veículos pessoais? Você diria…

VerdeSobreRodas, o seu ponto de encontro com a mobilidade sustentável

PostagemConsumidor escolhe combustível para substituir a gasolina
Publicado no Verdesobrerodas



Por Electric Car Report conteúdo

Um comentário:

  1. Muito interessante a enquete. Espero que o Brasil possa entrar no mercado de veículos elétricos por meio de uma empresa legitimamente nacional.

    ResponderExcluir