Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

quarta-feira, 10 de agosto de 2016

Vendas de bicicletas elétricas superam as de VEs em 70 vezes

No início deste ano, um relatório global sobre bicicleta elétrica (Electric Bike World Report ), o mais abrangente de seu tipo, revelou que as vendas de bicicletas elétricas globais, em 2015, ficou em torno de 35 milhões de unidades, cerca de 70 vezes mais do que os 500.000 carros elétricos vendidos no mesmo período.

Os autores estimam que em torno de dois bilhões de bicicletas assistidas por pedal estarão em circulação em 2050. 

Atualmente, há em torno de 200 milhões de unidades em uso. Além disso, o relatório sugere que o mercado norte-americano irá, em breve, começar a imitar a trajetória de crescimento da demanda europeia de bicicletas.
A maioria das vendas até agora têm sido de bicicletas urbanas, mas o mercado off-road está expandindo rapidamente, de acordo com distribuidores especializados. A tendência para a mobilidade urbana não escapou à atenção dos fabricantes de automóveis elétricos, alguns dos quais estão agora a investir na integração de bicicletas elétricas em seus veículos, a fim de oferecer melhores ligações multimodais. Fabricantes com Tesla, Jaguar e Bentley têm investido em bicicletas elétricas.


A aceleração do mercado europeu, segundo os pesquisadores, deve elevar o mercado para € 24,3 bilhões em 2025. O Grupo Accell, gigante da indústria, evidencia que as bicicletas assistidas por pedal detém cerca de 43% do mercado.

VerdeSobreRodas, o seu ponto de encontro com a mobilidade sustentável

Postagem: Vendas de bicicletas elétricas superam as de VEs em 70 vezes
Publicado no Verdesobrerodas



Por cyclingindustrynews conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário