Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos se somadas as mídias sociais, * mais de MEIO MILHÃO de acessos somente no VSR, * lido por mais de DEZ países, * mais de SETE MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

terça-feira, 23 de agosto de 2016

Finlândia poderá ter incentivo de 4 mil euros para veículos elétricos

O presidente do grupo parlamentar do Partido do Centro Antti Kaikkonen sugeriu que a Finlândia deve oferecer subsídios 4.000 euros para os motoristas que comprar um novo carro elétrico, de acordo com Lännen mídia. A Finlândia está atrás de outros países nórdicos em termos do número de carros elétricos nas estradas.

Antti Kaikkonen, disse a Lännen mídia que ele teme que a Finlândia fique atrás de outros países nas questões ambientais, para evitar isso o governo deve tomar medidas rápidas para colocar o país nos trilhos. Ele disse que uma maneira de fazer isso seria a de encorajar as pessoas a escolher carros elétricos através de subsídios.
Kaikkonen, que deu a entrevista pouco antes de reunião do grupo de Verão do Partido do Centro, que começou na segunda-feira, disse que o tema de subsídio de carro elétrico já foi discutido com o Ministério do Meio Ambiente, o Ministério das Comunicações e Emprego e do Ministério da Economia.

Kaikkonen disse que um incentivo para impulsionar as vendas de carros elétricos precisaria ser mais substancial do que apenas algumas centenas de euros. Ele apontou para recente recuperação da Suécia nas vendas de carros elétricos, depois que autoridades lá ter implementado um subsídio de cerca de 4.000 euros, segundo Lännen mídia.

VerdeSobreRodas, o seu ponto de encontro com a mobilidade sustentável

Postagem: Finlândia poderá ter incentivo de 4 mil euros para veículos elétricos
Publicado no Verdesobrerodas



Por Electric Casr Report conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário