Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

quinta-feira, 11 de agosto de 2016

BMW expande mercado no Sudoeste da Europa

Com base na tecnologia utilizada no X5 xDrive 40e, a BMW apresentou-nos agora o seu transatlântico Série 7 com uma unidade de potência híbrida recarregável na tomada. Já está à venda em Portugal. Custa 104 325 € na versão de chassis normal (5,1 metros de comprimento) e tração traseira mas também está disponível na versão de chassis longo (5,24 m), neste caso com tração apenas traseira (107 429€) ou integral xDrive (110 928€).

O 740e tem ainda o apelido iPerformance, que esclarece a sua ligação à submarca de elétricos “i” da BMW, a sublinhar o fato de se tratar de um modelo capaz de se locomover no modo elétrico puro, neste caso até aos 48 km e de ser recarregado na tomada.

Evolui a partir do X5 40e, utilizando o mesmo motor a gasolina de 2.0 litros e 258 CV, combinado com um motor elétrico de 113 CV alojado na caixa automática de 8 velocidades.

O rendimento combinado é de 326 CV de potência e um consumo combinado de 2.0 l/100 km. No modo de condução mais ecológico MAX eDrive, disponível através de um botão colocado na consola, o BMW 740Le mantém-se no modo puramente elétrico, a não ser que se recorra ao kick down, sempre disponível.

A bateria que alimenta o sistema tem uma capacidade de 9,2 kWh e é refrigerada pelo sistema de ar condicionado do carro. Está colocada sob o banco traseiro, o que empurrou o depósito de combustível (ligeiramente mais pequeno que no Série 7 normal) mais para cima do eixo traseiro. A bagageira fica, assim, reduzida aos 420 litros de volumetria.

Com a Wallbox da BMW a bateria pode ser totalmente recarregada em menos de 3 horas ou, na tomada doméstica, em menos de 4 horas. O motor elétrico aguenta-se até aos 140 km/h, enquanto a utilização combinada permite 240 km/h ou 5,3 segundos na aceleração de zero a cem km/h.

VerdeSobreRodas, o seu ponto de encontro com a mobilidade sustentável

Postagem: BMW expande mercado no Sudoeste da Europa

Publicado no Verdesobrerodas

Por Turbo conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário