Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

sexta-feira, 26 de agosto de 2016

Autarquias em Portugal terão apoio para comprar veículos elétricos

O ministro do Ambiente, João Matos Fernandes, anunciou que o executivo vai apoiar as Câmaras Municipais na compra de veículos elétricos, para a qual o Governo tem uma verba disponibilizada de cerca de dez milhões de euros para as 65 autarquias do país, através do futuro Fundo do Ambiente, entidade que a 1 de janeiro de 2017 vai substituir o Fundo Português do Carbono.
Segundo o jornal Público, a partir de 15 de setembro e até final de novembro, as autarquias ou as entidades municipais à escala municipal poderão candidatar-se para a compra de viaturas elétricas, estimando-se que sejam comprados cerca de 1700 veículos para esse fim.
 
Matos Fernandes referiu que o objetivo desta iniciativa é “envolver os municípios neste esforço global que assumimos todos de baixar as emissões de carbono em 25 por cento até 2030”. O ministro diz também que os apoios concedidos visam substituir as frotas antigas que registram maior consumo de combustível e de emissões poluentes, sendo que metade do investimento será canalizado para a aquisição de máquinas varredoras/lavadouras porque “são veículos que circulam à noite, fazem circuitos urbanos perfeitamente delimitados e que são bem mais silenciosas”, declarou o governante.
 
A ideia é que no futuro as verbas possam atingir os 30 milhões de euros, a fim de abranger mais municípios que queiram aderir a este programa.

VerdeSobreRodas, o seu ponto de encontro com a mobilidade sustentável

Postagem: Autarquias em Portugal terão apoio para comprar veículos elétricos

Publicado no Verdesobrerodas

Por Transportes em Revista conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário