Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

sexta-feira, 1 de julho de 2016

Mercedes-AMG com dois motores elétricos faz de 0 a 100 km/h em 3,6 s

Eis o automóvel mais “feroz” da linha da Mercedes-Benz. A montadora alemã revelou nesta semana o novo AMG GT R, versão topo de linha do superesportivo que chega para disputar mercado com modelos como Porsche 911 GT3 RS, tendo como arma um motorzão V8 biturbo, além de uma série de aperfeiçoamentos em relação a sua variante de base (GT S) para melhorar o desempenho.

Sob o capô, o Mercedes-AMG GT R esconde um propulsor 4.0 litros, capaz de desenvolver 585 cavalos de potência e 71,3 kgfm de torque, o que representa um aumento de 75 cv e 5,1 kgfm em relação ao “S”, graças ao uso de novos turbocompressores, aumento na taxa de compressão e eletrônica reprogramada. Este bloco trabalha em conjunto com uma transmissão automatizada de sete marchas e dupla embreagem, com a primeira marcha mais longa e a última mais curta, e tração traseira.

De acordo com dados da marca, esse aparato consegue levar o bólido de 0 a 100 km/h em 3,6 segundos, ou 0,2 s a menos que o GT S, e alcançar velocidade máxima de 320 km/h (30 km/h a mais).

A lista de mudanças inclui ainda eixo traseiro auto-esterçante, com dois motores elétricos, capaz de esterçar as rodas de trás em até 1,5 grau para garantir mais agilidade em manobras e melhorar as respostas da direção e a estabilidade do veículo em velocidades mais altas, além de diferencial de deslizamento limitado controlado eletronicamente, sistema de escape mais leve em 5,9 kg, entre outros.

O AMG GT R recebeu ainda uma série de itens de fibra de carbono, como uma aleta na parte inferior da carroceria que se move automaticamente para baixo em velocidades acima de 80 km/h no modo Race, criando uma “barreira’ de até 4 centímetros, melhorando a circulação do ar. Os freios têm discos ventilados e perfurados de aço, de 390 mm na frente e 360 mm atrás, ou de carbono-cerâmica de 406 mm e 360 mm como opcional.

No visual, há grade AMG Panamericana com aletas verticais, entradas de ar mais amplas, spoiler dianteiro, saias laterais, novo aerofólio traseiro de fibra de carbono, rodas de alumínio forjado de 19 polegadas na dianteira e 20 polegadas na traseira (com pneus Michelin Pilot Sport Cup 2), para-lamas de fibra de carbono alargados em 4,5 cm, entre outros.

O interior recebeu bancos revestidos em couro napa e microfibra, cintos de segurança amarelos, costuras amarelas, detalhes de acabamento em preto piano, entre outros.

O preço do novo AMG GT R ainda não foi divulgado. Sua estreia nos EUA está prevista para meados de 2017.

VerdeSobreRodas, o seu ponto de encontro com a mobilidade sustentável

Postagem: Mercedes-AMG com dois motores elétricos faz de 0 a 100 km/h em 3,6 s

Publicado no Verdesobrerodas

Por Blogauto conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário