Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

domingo, 17 de julho de 2016

Com modelo mais em conta Tesla deverá ganhar mercado

Sem dúvida alguma, o meio do ano é a melhor época do ano para quem aprecia os lançamentos do setor automobilístico. Isso porque esse é o período escolhido pelas montadoras de todo o mundo para anunciar as suas novidades para o próximo ano.

E a novidade da vez vem por parte da Tesla Motors, que acaba de lançar nos Estados Unidos uma versão de entrada mais acessível do seu veículo utilitário esportivo. 

E é exatamente para que você saiba mais sobre esse lançamento que reunimos aqui uma série de informações sobre o assunto.

Os carros da Tesla são conhecidos por seus preços altos, mais do que apenas pelo seu belo design, pela tecnologia elétrica e por seu alto desempenho. A novidade, que foi batizada de 60D, vai chegar ao mercado por US$ 74 mil – o equivalente a cerca de R$ 240,2 mil em conversão direta. O valor é US$ 9 mil mais barato do que o 75D, que até então era considerado a versão de entrada do modelo.

Os motores não foram alterados para a versão de entrada, o que significa que o conjunto de motores elétricos na versão de entrada é capaz de entregar até 259 cv, da mesma forma que o modelo mais caro. Além disso, o veículo também é capaz de acelerar de 0 a 96 km/h em apenas 10 segundos, conseguindo alcançar a velocidade máxima de 210 km/h.

A diferença fica por conta da bateria, que chega na versão de entrada em uma versão de menor capacidade e também de menor custo. O resultado é uma autonomia média de 320 km, número que é cerca de 60 km mais baixo do que o conseguido pelo modelo superior, o 75D.


Apesar da mudança da bateria, o Model X de entrada vai chegar com os recursos sofisticados que são encontrados na versão superior. Entre eles estão as portas traseiras com abertura para cima dotadas de sensores para evitar colisões, frenagem automática na detecção de colisão, sistema de condução semiautônomo, filtragem de ar e também uma tela de 17 polegadas no painel.

Agora o portfólio completo do Model X vai contar com quatro veículos. O de entrada 60D, o intermediário 75D, o 90D – que conta com potência temporária de 417 cv – e a versão top de linha, a P90D, que é capaz de alcançar até 532 cv de potência temporários no modo Ludicrous. Apesar de continuar sendo um carro caro e luxuoso, agora o Model X da Tesla conta com uma versão um pouco mais simples que pode tornar o elétrico acessível a mais gente.

VerdeSobreRodas, o seu ponto de encontro com a mobilidade sustentável

Postagem: Com modelo mais em conta Tesla deverá ganhar mercado

Publicado no Verdesobrerodas

Por Salão do Carro conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário