Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

domingo, 26 de junho de 2016

Volta ao mundo com VEs inicia segunda etapa na America do Norte

Os dez carros elétricos que participam da da volta ao mundo aforam transportados através do Atlântico, a partir de Portrugal, chegou sexta-feira (24) em Halifax, Canadá. O ônibus elétrico da equipe húngara foi transportado por navio e chegará em poucos dias. A próxima parada será em Nova York, San Francisco e Los Angeles. Em seguida, os carros serão levados sobre o Oceano Pacífico, até Guangzhou, China.
As 11 equipes que deixaram a Espanha dia 16 de Junho, passaram por Portugal e viajarão mais de 25.000 quilômetros, em mais de 20 países e três continentes.

O objetivo deste evento é provar, mais uma vez, a sustentabilidade dos veículos elétricos.

O projeto foi iniciado por Rafael de Mestre, que em 2012 conseguiu dar a volta ao mundo em 127 dias. Ele participa desta vez com um carro Tesla Model S. As equipes são da Alemanha, Espanha, Suíça, República Checa, Áustria, Itália, Hungria, China e Estados Unidos da América.

Os carros que participam são: Tesla Model S, Tesla Roadster e ônibus elétrico Denza Evopro da uma equipe húngara.

Para compensar as emissões de CO2 do transporte aéreo, a 80edays fez uma parceria com a myclimate para plantar árvores na Nicarágua.

A taxa para se registrar na corrida foi de US $ 10.000, e os carros que vão circunavegar o mundo, mais de 25.000 km em 80 dias receberão 5.000 euros cada de apoio. Cada carro é permitido até dois pilotos. A regra principal é para os motoristas observarem o limite de velocidade dos países por onde passarão. Todos os carros serão monitorados por GPS. Em alguns países, haverão equipes para fornecer assistência técnica.
 
Serão realizadas medidas como temperatura e radiação sobre a rota, a fim de ser comparado com os valores do próximo evento que ocorrerá em 2020.

Os eventos de 2012-2016 e 2020 sevirão para a 80edays acelerar a transição para uma mobilidade sustentável, através da organização de umas das maiores competições do mundo com carros 100% elétricos.

VerdeSobreRodas, o seu ponto de encontro com a mobilidade sustentável

Postagem: Volta ao mundo com VEs inicia segunda etapa na America do Norte
Publicado no Verdesobrerodas



Por Wall street conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário