Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

quinta-feira, 16 de junho de 2016

Harley-Davidson anuncia a sua primeira motocicleta elétrica

É oficial: a primeira Harley-Davidson com motor totalmente elétrico estará à venda daqui a cinco anos, segundo afirmam responsáveis da marca de motorizadas norte-americana, venerada em todo o mundo pelos amantes das “duas rodas” e conhecida pelo seu motor V-Twin com arrefecimento a ar.

Com o projeto LiveWire em testes há praticamente dois anos – alguns clientes, jornalistas e testers tiveram oportunidade de experimentar o modelo elétrico da marca –, o feedback parece estar a ser positivo e suficientemente válido para que a Harley-Davidson avance agora com a produção de uma versão final, pelo que indicou o vice-presidente da empresa, Sean Cummings, numa entrevista recente.

A tecnologia elétrica que serve de base ao motor está a ser desenvolvida pela Harley-Davidson, enquanto outros pormenores tecnológicos surgem em destaque, conforme podemos ver pelas imagens. O principal atrativo está na tela tátil colocado no guiador e numa posição que permite ao condutor manusear perfeitamente o sistema central da moto.

Será possível selecionar o modo de condução através deste painel, bem como visualizar e controlar todas as informações do veículo, tais como autonomia restante, estado da bateria e temperatura de vários componentes, entre outras. A mesma tela tem características adequadas para "acolher" ainda mapas baseados em GPS e outras funcionalidades conhecidas de outros modelos e veículos.

De acordo com o site The Verge, a moto LiveWire vai dos 0 aos 100 Km por hora em quatro segundos e pode chegar a uma velocidade máxima de 160 Km por hora. Contudo, a autonomia atual deste modelo elétrico terá de ser melhorada durante a fase de produção: uma recarga de bateria demora 3,5 horas e dá para apenas 89 km (53 no modo de condução mais desportivo).


 O projeto LiveWire colocou 6.800 clientes da Harley-Davidson em experiências com a nova moto elétrica da marca em 2014. Durante o ano passado, foram 1.000 os selecionados na Europa (através de um concurso que não passou por Portugal…), com vista a recolher as primeiras impressões do modelo. Saiba mais nas FAQ em português que encontramos no site da marca.

Uma curiosidade interessante: podemos ver esta Harley-Davidson elétrica conduzida por Scarlett Johansson no filme Vingadores: Era de Ultron, que passou pelos cinemas portugueses em 2015. 

VerdeSobreRodas, o seu ponto de encontro com a mobilidade sustentável

Postagem: Harley-Davidson anuncia a sua primeira motocicleta elétrica

Publicado no Verdesobrerodas

Por SAPO Tek conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário