Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

sexta-feira, 17 de junho de 2016

Fukushima produzirá hidrogênio para dez mil veículos

Representantes do setor público e privado japonês apresentaram hoje um plano para transformar a região de Fukushima (nordeste), onde se encontra a central nuclear acidentada, num centro de energias limpas sobretudo na produção e distribuição de hidrogênio. De acordo com o esboço inicial da iniciativa, o plano prevê a construção em 2020 de uma fábrica de produção de hidrogênio a grande escala para alimentar veículos motorizados.
A instalação deverá ter capacidade para fornecer gás suficiente para dez mil veículos a hidrogênio por ano, indica o documento publicado pelo ministério da Energia, Comércio e Indústria japonês. As empresas japonesas Honda, Mazda, Nissan e Toyota já fabricam automóveis deste tipo.


Os veículos a hidrogênio são elétricos, produzindo energia diretamente a bordo através de uma pilha de combustível alimentada a hidrogênio. O resultado é um veículo com zero emissões de poluentes, uma vez que só é emitido vapor de água no consumo de hidrogênio. Este plano implica a construção da infraestrutura necessária ao transporte do hidrogênio até Tóquio, onde se vão realizar os Jogos Olímpicos de 2020 e que o Japão quer transformar em palco para os progressos em matéria de transporte ecológico e inteligente.


Está também contemplada a construção de várias estações de hidrogênio na prefeitura de Fukushima, para integrarem a rede que o governo japonês está a planear implantar nos principais centros urbanos do país abastecer estes veículos.


O plano também prevê melhorias nas linhas de transmissão para potenciar o abastecimento de eletricidade gerada por fontes renováveis, cuja expansão deverá ser coordenada através do Instituto de Energia Renovável de Fukushima (FREA), criado em 2014.


O aumento das centrais solares ou eólicas na região poderá contribuir para o fornecimento energético da fábrica de hidrogênio - um gás cuja elaboração exige muita eletricidade -, prevista para 2020, contribuindo assim para criar um ciclo totalmente limpo de produção e consumo. O governo japonês deverá apresentar um plano mais pormenorizado nos próximos meses.

VerdeSobreRodas, o seu ponto de encontro com a mobilidade sustentável

Postagem: Fukushima produzirá hidrogênio para dez mil veículos

Publicado no Verdesobrerodas

Por Notícias ao Minuto conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário