Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

quarta-feira, 29 de junho de 2016

Fortaleza inicia programa de carros elétricos compartilhados

Fortaleza inicia na segunda-feira (4) a primeira fase da operação com carros elétricos compartilhados na cidade. Durante o primeiro mês de implantação do projeto-piloto, haverá uma fase de demonstração do sistema com três veículos 100% elétricos, que percorrerão alguns bairros que poderão ser potenciais locais de implementações das estações.

Conforme a Prefeitura de Fortaleza, o objetivo desta etapa é ofertar um período de apresentação do sistema e realizar um pré-cadastro dos futuros usuários. O sistema de carros compartilhados na capital recebeu o nome de VAMO, sigla para Veículos Alternativos para Mobilidade.

Segundo estimativa da Secretaria Municipal de Conservação e Serviços Públicos (SCSP), que coordenará o projeto por meio do PAITT, o sistema terá sua implantação concluída em setembro de 2016. O objetivo do VAMO é proporcionar uma mobilidade mais sustentável, com emissão zero de poluentes e baixa poluição sonora. 

A operação completa do novo sistema será dividida em três etapas. Ainda neste ano, a capital cearense receberá 20 carros elétricos, sendo 15 do modelo Zhidou EEC e cinco BYD e6, que estarão distribuídos em 12 estações.

De acordo com a SCPS, este é um projeto pioneiro no Brasil. Deste modo, as locações passarão por um período de seis meses de monitoramento e adaptação, podendo haver a necessidade de realocações para que sejam encontradas possíveis melhorias no desempenho. "O VAMO vai ampliar a possibilidade do uso equitativo da cidade e de todos os seus equipamentos e infraestrutura por todos. Desta forma, vai oferecer uma alternativa inovadora para deslocamento na cidade, promovendo também benefícios econômicos, sociais e ambientais", disse o titular da SCSP, secretário João Pupo.

A taxa de adesão ao sistema vai custar R$ 40, que é mensal e será revertida em créditos para os usuários. Já a taxa de uso para os 30 minutos iniciais e indivisíveis será no valor de R$ 20. As tarifas para os minutos adicionais têm valores decrescentes para cada período adicional. Entre 30 e 60 minutos adicionais o custo é de R$ 0,80 por cada minuto. Entre 60 e 12 minutos, será R$ 0,60; entre 120 e 40 minutos será de R$ 0,50; após 240 minutos o valor será R$ 0,40. Deste modo, o usuário que utilizar o sistema deverá pagar uma taxa única de R$ 40 no mês. O crédito dará direito a utilizar o carro duas vezes por até 30 minutos cada. A partir da segunda vez no mês, a utilização do sistema custará o valor referente ao tempo de uso.
O aplicativo VAMO ainda permitirá que os motoristas ofertem carona através do próprio sistema. Deste modo, a tarifa poderá ser dividida entre os ocupantes do veículo.

A plataforma que servirá para os usuários realizarem o cadastro será lançada em breve, conforma a Prefeitura de Fortaleza. Para se cadastrar, a pessoa deverá apresentar carteira de habilitação, comprovante de habilitação e pagar a taxa de adesão.

No aplicativo o usuário poderá reservar o veículo disponível em uma das estações e retirar o carro em até 15 minutos. O motorista poderá ficar com o carro por tempo indeterminado, desde que pague pelo serviço.

A diretora de marketing do Hapvida Saúde destacou a importância dos carros elétricos para a redução dos poluentes na cidade. "A gente vê a redução na poluição como um ponto a mais da saúde para todos. E isso é nossa missão. Você favorecer ações na sociedade que ajudem a aumentar a qualidade de vida da população como um todo", apontou.

VerdeSobreRodas, o seu ponto de encontro com a mobilidade sustentável

Postagem: Fortaleza inicia programa de carros elétricos compartilhados

Publicado no Verdesobrerodas

Por g1 conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário