Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

sexta-feira, 3 de junho de 2016

Fabricante chinês de eletrodomésticos quer fabricar veículos elétricos

Atraídos por fortes vendas de veículos elétricos, um grande fabricante de eletrodomésticos da China pretende produzir veículos elétricos.
A Gree Electric Appliances Inc diz que vai adquirir Yinlong New Energy Co., uma pequena fabricante doméstico de ônibus elétricos.

O Presidente  da Gree, Dong Mingzhu, anunciou o acordo na reunião de acionistas da empresa na semana passada, segundo o site da Yinlong. Gree, está instalada no sul da cidade chinesa de Zhuhai e produz condicionadores de ar. No ano passado, a empresa registrou um lucro de 12,5 bilhões de yuans (US $ 1,9 bilhões) e receita de 97,7 bilhões de yuans, de acordo com a sua divulgação à bolsa de Shenzhen, onde está listado.
  
A Yinlong, também baseada em Zhuhai, fabrica baterias de íon de lítio e ônibus elétricos desde 2010. De Janeiro Maio de 2016, a companhia disse ter vendido 3.189 ônibus elétricos.

Atraídos por generosos subsídios da China, muitas empresas fora do setor automotivo - que vão desde fabricantes de equipamentos ferroviários a empresas de Internet – se lançaram na produção de EVs.

Nos primeiros quatro meses de 2016, as vendas de veículos elétricos e híbridos plug-in na China saltaram 131% ano a ano para 90.529 veículos.

Esse número inclui 66.444 EVs e 24.085 híbridos Plug-in, de acordo com a Associação Chinesa de Fabricantes de Automóveis.

VerdeSobreRodas, o seu ponto de encontro com a mobilidade sustentável

Postagem: Fabricante chinês de eletrodomésticos quer fabricar veículos elétricos
Publicado pela primeira vez no Verdesobrerodas



Por Autonewschinaconteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário