Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

terça-feira, 31 de maio de 2016

Kia aposta no sucesso do híbrido Niro

A Kia revelou todos os detalhes do seu novo crossover híbrido, o Niro, modelo que promete consumo médio de 3,8 l/100 km e emissões de 88 g/km de CO2 e que é apresentado pela marca Sul-Coreana como uma aposta dupla, tanto para o segmento dos SUV compactos, como para o dos híbridos.

O novo Niro mantém o lado prático e a versatilidade de um SUV, mas faz também a apologia da economia de combustível providenciada pela motorização híbrida. Desenvolvido desde o início como um veículo mais ‘verde’ (beneficiando de uma plataforma independente de outros modelos existentes de Kia), está equipado com a próxima geração de sistemas de propulsão da marca.

A este respeito, recorre a um motor 1.6 GDI (injeção direta de gasolina) de 105 cv de potência e de ciclo Atkinson associado a um motor elétrico de 32 kW e baterias de polímeros de iões de lítio de 1.56 kWh, dispondo ainda de uma caixa de seis velocidades de dupla embreagem (6DCT) para colocar no asfalto os 141 cv de potência combinada e 265 Nm de binário máximo. A caixa de velocidades tem por base a mesma arquitetura que a nova 7DCT, mas foi repensada para o Niro e para o seu motor híbrido, contando ainda com um modo manual-sequencial.

A bateria pesa 33 kg e consegue também recuperar energia durante as fases de travagem e de desaceleração, tornando dessa forma a condução ecológica mais vantajosa. Os engenheiros da Kia visam emissões de CO2 de 88 g/km e consumo médio de 3,8 l/100 km (no caso de pneus com medida de 16 polegadas). Com jante de 18", o valor de consumos sobe para os 4,4 l/100 km.

Desenhado para garantir uma elevada eficiência aerodinâmica, o Niro conta com uma carroceria esguia com 0.29 de coeficiente de arrasto, além de revelar versatilidade elevada mercê da distância entre eixos de 2700 mm, não obstante a sua dimensão compacta de 4355 mm de comprimento, 1805 mm de largura e 1535 mm de altura, mais pequeno do que o novo Sportage. No interior, destaque para os novos materiais disponíveis – mais requintados – propostos pela marca e para a configuração mais moderna, a par do novo sistema de infoentretenimento que inclui o Kia Connected Services, Android Auto e Apple CarPlay.

O novo SUV híbrido da Kia conta ainda com uma série de tecnologias avançadas como a de assistência preditiva da condução para maximizar o rendimento do propulsor numa viagem futura. A marca está neste momento a desenvolver um sistema de ajuda à condução eficiente denominado Eco-Driving Assistant System (Eco-DAS), cuja integração nos Niro será feita num momento posterior, tratando-se de um sistema que combina duas tecnologias para conservar e recuperar energia elétrica em todas as situações de condução: o Controlo de Viagem por Inércia (Coasting Guide Control – GDC) e o Controlo Preditivo de Eficiência (Predictive Energy Control -PEC).

Ambas as tecnologias têm por objetivo maximizar a poupança do combustível ao sugerir ai condutor quando deixar o carro em ‘roda-livre’ ou travar. O CGC funciona apenas a determinadas velocidades quando é fixado um destino no sistema de navegação e avisa o condutor sobre os momentos indicados para funcionar por inércia graças a um pequeno símbolo indicador no painel de instrumentos. Já o PEC utiliza os sistemas de navegação e de cruise control para antecipar as mudanças de toponímia na estrada para determinar quais são as condições ideais para recarregar a bateria.

Para a Europa, o Kia Niro estará disponível com sete cores exteriores e jantes de 16 a 18 polegadas, chegando ao mercado nacional no princípio do outono.

VerdeSobreRodas, o seu ponto de encontro com a mobilidade sustentável

Postagem: Kia aposta no sucesso do híbrido Niro

Publicado no Verdesobrerodas

Por automonitor conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário