Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

domingo, 22 de maio de 2016

Curitiba se prepare para implantar novo sistema de transporte elétrico

A prefeitura de Curitiba planeja implementar um novo transporte elétrico na cidade. Nesta sexta-feira, 20 de Maio, foi lançado um edital de chamamento para interessados em participar do Procedimento de Manifestação de Interesse (PMI). O novo modal deverá transportar em torno de 25 mil passageiros/hora, sendo caracterizado como transporte de média capacidade.

Trata-se da primeira etapa que colhe ideias, para então o poder público trabalhar no projeto. Segundo a atual gestão, os planos podem prever Veículos Leves sobre Trilhos (VLT) ou Sobre Pneus (VLP), que, além de silenciosos, não emitirem poluentes, e que podem alcançar capacidade de transporte quase duas vezes maior que a dos BRTs (Bus Rapid Transit).

“Uma cidade moderna precisa apostar na multimodalidade e em soluções sustentáveis. A eletromobilidade chega, portanto, para se somar aos demais modais, contribuindo de maneira significativa para o aumento da capacidade do sistema de transporte público e também para a sustentabilidade”, afirmou o prefeito de Curitiba, Gustavo Fruet.

Segundo ainda a prefeitura, estudos preliminares apontam em 4 linhas com o futuro sistema elétrico:
A – Terminal CIC – Centro de Feiras (a ser construído no Parque da Imigração Japonesa). Na hipótese de uma abordagem metropolitana, o trajeto poderá se estender até o Aeroporto Affonso Pena e, na ponta Sul, até o Município de Araucária.

b – Barreirinha – Marechal Floriano – da divisa com Almirante Tamandaré até a Linha Verde, na altura da estação Marechal Floriano.

c – Aeroporto – Centro Cívico. As propostas podem seguir dois traçados: 1) Centro Cívico – Boqueirão, via Marechal Floriano (estação Wilson Dacheaux); e 2) Centro Cívico – Centro de Feiras (Parque da Imigração Japonesa), via Avenida das Torres.

d – Linha Atuba – Tatuquara. Parte da estação Atuba e segue por toda a extemsão da Linha Verde. No caso de uma abordagem metropolitana, o itinerário poderá ser estendido até Colombo e Fazenda Rio Grande.

VerdeSobreRodas, o seu ponto de encontro com a mobilidade sustentável

Postagem: Curitiba se prepare para implantar novo sistema de transporte elétrico 

Publicado no Verdesobrerodas

Por Via Trolebus  conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário