Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

sexta-feira, 18 de março de 2016

Frota da UPS na Europa tem cem veículo elétrico

A UPS introduziu o centésimo veículo na sua frota de entregas europeia. Com um peso bruto de 3,5 toneladas, o veículo P45E assenta num chassis Mercedes-Benz Sprinter e possui o icônico design do operador norte-americano de transporte expresso. O veículo vai ser utilizado na cidade de Paris, onde as ruas movimentadas exigem o uso de veículos mais pequenos e ágeis. Este lançamento faz parte do constante esforço da UPS em reequipar veículos a diesel com motores elétricos. Tal medida está em ativo, por exemplo, na Alemanha, onde a UPS tem utilizado carros elétricos de 7,5 toneladas – os chamados P80E – desde 2010.

Depois de oito anos e quase 200 mil quilômetros percorridos a diesel, a frota de veículos elétricos da UPS tem uma grande capacidade de evolução. Reequipados pela ElektroFahrzeuge Schwaben GmbH (EFA-S), a funcionalidade dos veículos é preservada, enquanto o motor elétrico reduz a produção do ruído tornando-os, assim, ideais para o uso nos centros de cidade. “A UPS tem colaborado com a EFA-S desde 2010, e tem sido uma parceria de grande sucesso,” refere Ralf Eschemann, vice-presidente da área de Automotive da UPS Europa. “A conversão de veículos movidos a diesel para veículos elétricos alarga o tempo de serviço da frota existente, o que nos deixa muito orgulhosos em investirmos em soluções sustentáveis como esta”.
 
Durante este ano, mais veículos serão reequipados para aumentar a frota de veículos elétricos em vários países da Europa. Este conjunto de ações faz parte do objetivo da UPS em percorrer mil milhões de milhas (aproximadamente 1.6 mil milhões de quilômetros) a nível global, recorrendo apenas à sua frota tecnologicamente avançada e alternativa ao diesel até ao final de 2017, o que possibilita à empresa reduzir o uso dos convencionais combustíveis fósseis até 12 por cento anualmente.


VerdeSobreRodas, o seu ponto de encontro com a mobilidade sustentável

Postagem:

Publicado no Verdesobrerodas

Origem: Transportes em Revista

Nenhum comentário:

Postar um comentário