Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

sábado, 19 de março de 2016

Elétrico Ampera-e da Opel será apresentado no final do ano

A ofensiva de produto da Opel vai ser intensa nos próximos três anos, com a atualização ou o lançamento de novas gerações dos modelos atuais e o alargamento da gama a novos segmentos, dando continuidade a um plano de produto iniciado com os citadinos Adam, Corsa e Karl e com a gama de compactos Astra.

“Até ao final de 2018 todo o lineup de produto estará renovado, num ciclo que incluirá o lançamento de 29 novos automóveis até ao final da década”, afirmou à Automonitor o CEO da Opel, Karl-Thomas Neumann, durante uma passagem por Lisboa à margem da apresentação internacional da nova Van Astra Sports Tourer que está a decorrer desde a semana passada na região do Douro.

Dos planos de produto já conhecidos, além do novo Mokka X, que substituirá o modelo atual, consta o alargamento da oferta de crossovers, com o sucessor do Meriva e do Zafira (que abandonarão o formato monovolumes) e o lançamento de um crossover com base no futuro Insignia. A Opel pretende repetir o sucesso registrado pelo mini SUV-Mokka, líder de vendas na Europa e número 1 no segmento dos SUV utilitários, com mais de meio milhão de unidades vendidas em cerca de três anos.

Em termos de estratégia de motores, e de forma a cumprir o limite máximos de 95 g/km previsto para 2022, a Opel vai apostar na maior eficiência dos atuais motores de combustão, em detrimento dos híbridos.

Mas não exclui a opção por veículos 100% elétricos e vai apresentar, no final do ano, a o Ampera-e, a versão Opel do Chevrolet Bolt (foto). Um veículo urbano, com grande habitabilidade interior e uma carroceria de estilo monovolume compacto e uma autonomia “bastante superior a 300 km, no que passará a ser o primeiro modelo elétrico 'mass market' sem problemas de angústia de autonomia.

A Opel quer afirmar-se como uma das marcas pioneiras na mobilidade elétrica e o lançamento do Ampera-e é mais um passo nesse sentido. O plano de investimentos total em novos modelos e novas tecnologias é de 5 mil milhões de euros.

VerdeSobreRodas, o seu ponto de encontro com a mobilidade sustentável

Postagem: Elétrico Ampera-e da Opel será apresentado no final do ano

Publicado no Verdesobrerodas

Origem: automonitor

Nenhum comentário:

Postar um comentário