Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

terça-feira, 22 de março de 2016

Borgward espera dobrar produção de carros elétricos

Apoiada na Foton, a Borgward quer ir muito além dos atuais 160.000 carros por ano, que é a capacidade instalada de sua fábrica em Pequim. A meta é ampliar esse volume para 360.000 em uma segunda fase. Esta provavelmente deve ser alcançada nos próximos 18 meses ou pouco menos, já que a meta para 2020 é alcançar 800.000 veículos/ano, objetivo similar ao da Volvo, que também tem na China um dos pilares para o futuro. 

Mas, nos cinco anos seguintes, a Borgward pretende dobrar a produção, alcançando 1,6 milhão por ano. Para isso, ela já deverá estar produzindo também fora da China. Na Alemanha, a empresa buscar um padrão “German Industry 4.0” para se igualar em qualidade ao exigido pelo país, onde terá uma planta decida a híbridos e elétricos. 
Além disso, a Borgward quer atuar também na Índia e na América do Sul, notadamente no Brasil, visto que é o maior e mais importante mercado da região. Nos dois casos, a montadora terá de erguer fábricas para melhor atender a demanda. Por aqui, uma opção interessante seria fazer tais veículos na planta da Foton Aumark, em Guaíba/RS. 
Por enquanto, a Borgward só tem um produto pronto para entrar no mercado chinês, o BX7, que tem motor 2.0 Turbo com 201 ou 221 cv, além de transmissão de dupla embreagem com sete marchas. Ele será acompanhado dos modelos BX5 e BX6. Até o momento, a alemã apenas revelou utilitários esportivos em seu futuro lineup.
 
VerdeSobreRodas, o seu ponto de encontro com a mobilidade sustentável

Postagem: Borgward espera dobrar produção de carros elétricos

Publicado no Verdesobrerodas

Origem: Noticias Automotivas

Nenhum comentário:

Postar um comentário