Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2016

Mitsubishi Outlander PHEV é o plug-in mais vendido na Europa

Depois do primeiro contacto com a versão Diesel conduzimos a versão PHEV do Mitsubishi Outlander. Uma experiência marcada pelo silêncio a bordo no modo 100% elétrico. Lançado em 2013, o Mitsubishi Outlander PHEV foi o primeiro SUV plug-in híbrido do mercado, aventurando-se em território inexplorado na indústria automóvel. O objetivo da Mitsubishi era criar um modelo que combinasse as tecnologias do i-MiEV com a versatilidade do Pajero.

Resultado? Desde então, o modelo japonês tem vindo a dominar o seu segmento, estabelecendo-se como veículo plug-in híbrido mais vendido na Europa – com mais de 50 mil unidades vendidas. Não é por isso de estranhar que o Mitsubishi Outlander PHEV seja uma das grandes prioridades da marca.

Primeiro vamos ao óbvio, mudou o exterior. O novo Mitsubishi Outlander PHEV apresenta agora uma dianteira com a assinatura “Dynamic Shield” semelhante ao Mitsubishi Outlander 2.2 DI-D, enquanto que no interior o destaque vai para o cuidado acrescido nos acabamentos e melhorias na insonorização. No modo EV (100% eléctrico) o silêncio a bordo reina como em poucos modelos. 

Mas o grande destaque do renovado Mitsubishi Outlander PHEV são as melhorias operadas a nível mecânico. A parceria entre o motor térmico de 2.0 litros com os dois motores elétricos de 60 kW é agora mais suave – em cidade, praticamente nunca foi ativado o motor térmico. Ganha o prazer de condução e a qualidade de vida a bordo. Quanto a consumos, a Mitsubishi anuncia consumos de 1.8 l/100km no modo elétrico e 5,5 l/100km no modo híbrido. A autonomia no modo elétrico chega aos 52 km.

Em estrada, a nota dominante é o conforto e a previsibilidade das reações da carroceria. O motor revela-se adequado para tiradas mais longas (870km de autonomia total) e a caixa já não deixa o motor subir tanto de rotação em cargas mais elevadas. Em suma, mudanças pontuais (estéticas e técnicas) que no final fazem toda a diferença.

O Mitsubishi Outlander PHEV está disponível por 46.500 € na versão Intense e por 49.500 € na versão Instyle.

VerdeSobreRodas, o seu ponto de encontro com a mobilidade sustentável


Postagem: Mitsubishi Outlander PHEV é o plug-in mais vendido na Europa

Publicado no Verdesobrerodas

Origem: Razão Automóvel

Nenhum comentário:

Postar um comentário